Allana Maocha morreu vítima de traumatismo cranioencefálico em consequência da queda

19/12/2018 16:24 - Modificado em 19/12/2018 16:24
| Comentários fechados em Allana Maocha morreu vítima de traumatismo cranioencefálico em consequência da queda


Traumatismo cranioencefálico
 grave, foi a causa que originou  a morte  da pequena Allana Maocha, esclarece Ana Brito, directora do Hospital Baptista de Sousa em resposta a matéria publicada pelo NN sobre a morte da criança de um ano após cair de uma escada sem corrimão dentro da casa dos pais na localidade de Espia Chá/Vermelho.

Em relação à autópsia a que foi submetida, a responsável do HBS explica que é um procedimento normal que é feito nos hospitais, quando a pessoa morre em menos de vinte e quatro horas, com propósito de confirmar se há ou não outros motivos que conduziram ao óbito.

De acordo com os dados fornecidos pelo HBS sobre o número de casos de acidentes domésticos atendidos no banco de urgência da Pediatria nos últimos anos (2015 a 2018), ocorridos em São Vicente ,  este ano foram atendidas cerca de 1368 ocorrências de acidentes domésticos na Pediatria do HBS. Isso referente ao período de Janeiro a Outubro, sofrendo uma descida de 528 casos face ao ano de 2017, ano em que foram registados 1906 casos. Sendo que 2016 assinalou um maior número, aproximamente 1964 atendimentos.

Por isso, Ana Brito alerta que em casos relacionados com crianças todo o cuidado é pouco e apela aos pais e encarregados de educação a estarem sempre preparados para evitar acidentes domésticos com crianças.

“Manter as crianças sempre afastadas  dos perigos que as rondam. Só chamadas de atenção não chega, tem que se ter cuidados com lugares que ofereçam ameaça, como varandas, escadas, janelas, principalmente quem vive em andares superiores. É necessário afasta-las sempre do ambiente da cozinha onde há fogo e gás”.

Diz que evitar esses acidentes é um dever dos pais e estes devem fazer o possível para manter o ambiente doméstico com menos perigo possível.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.