CVCV . “Indícios de má gestão, fraude e corrupção na base da destituição do Conselho Local de São Vicente”

18/12/2018 00:13 - Modificado em 18/12/2018 00:13
| Comentários fechados em CVCV . “Indícios de má gestão, fraude e corrupção na base da destituição do Conselho Local de São Vicente”

Depois do aparato ocorrido na sexta-feira em frente da sede da Cruz Vermelha em São Vicente, com a troca das fechaduras e destituição do presidente local, esta segunda-feira o local esteve com as portas abertas e a funcionar.

Apesar de o local estar aberto e aparentemente a “funcionar de forma normal”, conforme foi apurado,  este online sabe que o conselho local não está a funcionar.

Nas instalações  encontra-se desde segunda-feira, uma comissão de gestão provisória, nomeada pela Direcção Nacional e que deverá dirigir os destinos do Conselho Local até à eleição de uma nova equipa directiva.

De acordo com o presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde, o tenente-coronel Arlindo Carvalho, o que está na base da decisão, tomada pelo Conselho Executivo da CV, são suspeitas de má gestão e indícios de corrupção na direcção local.

Este diz existirem indícios que a direcção local de S. Vicente está a utilizar, de forma abusiva, os bens da Cruz Vermelha para fins pessoais e familiares, em “esquemas que indiciam fraude e corrupção.

Estamos a falar em gestão de projectos para fins próprios. Basta dizer que os centros da terceira idade, que funcionam com os recursos da Cruz Vermelha (a 100 por cento), vêm sendo usados para fins próprios. Até os idosos não foram poupados”, adianta.

Enquanto se espera o desenrolar desta situação, os membros da direcção destituída mostram-se boquiabertos com estas acusações e alegam estar tranquilos. “O Ministério Público que faça as averiguações lá onde for necessário, estamos claros, tranquilos, vamos continuar, porque não existem bases que sustentam estas acusações”.

 Estes consideram que as acusações não tem fundamento e que não existem provas para tais acusações.

O tenente-coronel Arlindo Carvalho, foi eleito Presidente da Cruz Vermelha em Outubro de 2017, durante a XI Assembleia Geral.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.