CNDHC assinala Dia Internacional dos Direitos Humanos com conferência

10/12/2018 00:10 - Modificado em 10/12/2018 00:10
| Comentários fechados em CNDHC assinala Dia Internacional dos Direitos Humanos com conferência

A Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania (CNDHC) assinala o 10 de Dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos e os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos com uma conferência e uma gala comemorativa.

As atividades contam com as parcerias do Ministério da Justiça e Trabalho e do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde.

“A Declaração Universal dos Direitos Humanos: que desafios nos dias de hoje” é o título da conferência a ser proferida pela especialista do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Marie-Eve Boyer-Friedrich, e decorre esta segunda-feira, na Sala de Conferência do Palácio do Governo.

A gala de comemoração da efeméride decorre no Auditório da Assembleia Nacional, com entrada livre. A atividade contará com um show case do jovem artista Hilário Silva, com atuações das crianças da Associação Cabo-verdiana de Surdos, de Edyoung Lennon e da Escola de Dança Nicole.

Refira-se que a CNDHC tem em curso uma campanha alusiva aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, com o apoio da União Europeia, através do projeto “Promovendo os Direitos Humanos e Laborais através do GSP+”, e do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde. O objetivo é promover a história, artigos e importância do documento.

A campanha consiste na divulgação de uma série de materiais, mas também de actividades nos estabelecimentos de ensino e comunidades.

Pretende-se ainda, com esta campanha, estimular a população cabo-verdiana a interiorizar esses princípios no quotidiano e a reconhecer a responsabilidade de todos na promoção e defesa dos direitos humanos.

A campanha prevê a realização de atividades com instituições, escolas e comunidades e tem uma música oficial especialmente criada pelo artista Hilário Silva, intitulada “Nos tud tem direito”.

De acordo com a CNDHC, os maiores problemas de Cabo Verde em termos dos Direitos Humanos prende-se com as questões dos direitos económicos, sociais e culturais, ou seja, há pessoas em condições indignas de vivências, por isso podemos dizer que nesta parte estamos muito mal.

O Dia Internacional dos Direitos Humanos é celebrado anualmente para homenagear o empenho e dedicação de todos os cidadãos defensores dos direitos humanos e pôr um fim a todos os tipos de discriminação, promovendo a igualdade entre todos os cidadãos.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas a 10 de Dezembro de 1948, no rescaldo das atrocidades cometidas durante a Segunda Guerra Mundial. O documento que está na origem de diversos tratados internacionais, define 30 direitos básicos que devem ser assegurados a todos os seres humanos em todos os lugares.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.