PN demitido no Fogo lança petição em busca da Justiça

4/12/2018 13:38 - Modificado em 4/12/2018 13:38
| Comentários fechados em PN demitido no Fogo lança petição em busca da Justiça

Manuel Alves uma alta patente da Polícia Nacional do Fogo, que ocupava o posto de Comandante da Guarda-fiscal, foi demitido a 31 de Outubro deste ano, cerca de 9 dias antes de atingir a data da aposentação, a 10 de Novembro.

De acordo com informações recolhidas, Manuel Alves, é tido como um dos oficiais operacionais mais bem preparados na PN, e esteve na senda para ocupar o posto de Director Nacional da PN. Na sua página do Facebook, o intendente lançou uma petição em busca da Justiça, alegando que nunca teve nenhum antecedente disciplinar e criminal e é “detentor de dois louvores” e aluno brilhante das academias que frequentou. Um dos poucos oficiais veteranos que conseguiu superar o grau académico de mestre, tendo dirigido de forma exemplar todos os departamentos por onde passou, tendo participado incansavelmente na formação da grande maioria dos efectivos da polícia, desde os anos 90 a esta parte”

O intendente vai mais longe afirmando que tem sido juntamente com outros colegas, vítimas de perseguição, abuso do poder, assédio moral, discriminação, desprezo, despotismo, e por isso quer levar ao país uma petição pública,  na procura de justiça. “Pedindo o respeito pela dignidade humana e a demissão pacífica de um senhor que, nos últimos tempos, tem estado a promover más práticas no nosso meio, criando uma situação de incerteza, de medo nalguns e insegurança jamais vivida entre nós” lê-se.

Manuel Alves apela para a “participação massiva” de todos na assinatura da petição, alegando que pacificamente se consegue erradicar o mal pela raiz. “O que não pode continuar é a disseminação da maldade, prejudicando as pessoas de bem e as suas famílias só porque se dispõe de um poder conjuntural, que mais cedo ou mais tarde terminará, como tantos outros. Vamos à luta pacífica pela dignidade do homem!” conclui.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.