Líderes do PAICV e da UCID acusam Governo de não cumprir a promessa do novo modelo de governação

29/11/2018 00:07 - Modificado em 29/11/2018 00:07
| Comentários fechados em Líderes do PAICV e da UCID acusam Governo de não cumprir a promessa do novo modelo de governação

Os partidos da oposição criticaram o Governo, esta quarta-feira, 28, no Parlamento, de não cumprir a promessa de um novo modelo de governação e de despartidarizar a administração pública.

A líder do PAICV, Janira Hopffer Almada, recordou que já se passaram quase três anos desde o dia em que Ulisses Correia e Silva venceu as eleições e tomou posse, tendo prometido um novo modelo de governação do país e a mudança na forma do exercício do poder político. A líder dos “tambarinas” citou ainda que o primeiro passo do Governo, em Julho de 2016, foi a eliminação dos concursos para cargos de chefias nas instituições públicas.

Segundo a líder do maior partido da oposição, Ulisses Correia e Silva garantiu combater o nepotismo “com todas as suas forças”, mas o que se verifica nestes quase três anos é que os cargos de chefia nas estruturas e no sector empresarial do Estado estão a ser geridos por “familiares próximos dos atuais titulares do poder político”. “É estranho que haja competência comprovada em vários familiares e amigos próximos do atual poder, titulares de altos cargos políticos e nenhum desses familiares e amigos tenha passado, pelo menos que seja do nosso conhecimento, por nenhum concurso público para demonstrar essa competência que o Governo que os nomeou está convicto que teem”.

Janira H. Almada questionou o PM se está a cumprir a promessa de estabelecer um tecto de 300 contos mensais para salários das chefias da administração pública e dos gestores públicos e de acabar com as acumulações de funções. Mas disse ter conhecimento de que “há pessoas nomeadas pelo Governo que auferem salários superiores a 300 contos e que acumulam cargos e salários”.

O presidente da UCID, António Monteiro, por sua vez, sustenta que o Banco Mundial afirmou que a boa governação é “a maneira como o poder é exercido na administração dos recursos sociais e económicos de um país mirando o desenvolvimento e a capacidade dos governos de planear, formular e programar politicas e funções”. O líder da UCID questionou o Governo se este está a cumprir tal função. Na óptica de Monteiro a “realidade fala por si” e, vendo aquilo que o Governo faz para as pessoas e as suas dificuldades, “ainda é preciso melhorar e muito a boa governança”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.