Boavista: IGAE apreende mais de 1200 contos em produtos ilegais

28/11/2018 13:50 - Modificado em 28/11/2018 13:50
| Comentários fechados em Boavista: IGAE apreende mais de 1200 contos em produtos ilegais

A Inspecção Geral das Actividades Económicas (IGAE) apreendeu de 19 a 23 do mês em curso mais de um milhão e duzentos mil escudos em produtos impróprios para o consumo. Dos produtos apreendidos, destaca-se a aguardente produzido à base de açúcar refinado “racalda” e seus derivados, grande parte oriundos da Ilha de Santiago.

Estas operações levadas a cabo em conjunto com a Câmara Municipal local e a Polícia Nacional, decoreram em vários estabelecimentos comerciais e de diversão nocturna da ilha. De acordo com informações recolhidas os motivos de apreensão são a produção ilegal, engarrafamento ilegal, falta de rotulagem; falta de menções obrigatórias na rotulagem, aguardente de matéria-prima não identificada e de combinação de açúcar e água.

De destacar que só nos últimos meses, o Comando Regional da Boa Vista já apreendeu dezenas de milhares de litros de aguardente produzidas ilegalmente, transportados em barris e garrafas de plástico, cujo preço médio por litro ronda os 250 escudos.

No decorrer desta acção concertada estão em curso na IGAE vários processos de contra-ordenação.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.