MpD: “Estamos perante o melhor e o maior orçamento jamais visto em Cabo Verde

28/11/2018 00:41 - Modificado em 28/11/2018 00:41

 João Gomes,  porta-voz da bancada parlamentar MpD,   considera  que o OE-2019 é o “melhor e maior” de todos os tempos pelo facto de o executivo assumir os compromissos que aceitou a nível da Concertação Social

“Estamos perante o melhor e o maior orçamento jamais visto em Cabo Verde”, regozija-se o do Movimento para a Democracia (poder) João Gomes, em conferencia de imprensa sobre as jornadas parlamentares do seu grupo.

No concernente à vertente social, diz o porta-voz do GP do MpD, o valor é superior a 23 milhões de contos, em que os sectores de educação e saúde continuam a ser os mais contemplados a nível orçamental.

Destacou, ainda, a área da economia como sendo a que também merece realce no OE-2019.

“Este orçamento é amigo dos empresários”, sublinhou, justificando que este instrumento de gestão consagra medidas que vão de encontro à classe empresarial nacional, já que esta vai ver baixar os impostos de 25% para 22 por cento (%).

Na sua perspectiva, se os empresários estiverem satisfeitos com medidas adoptadas pelo Governo, esta “satisfação os conduzirá ao desenvolvimento das suas actividades e, com isso, o aumento da criação de empregos”.

Por outro lado, prossegue João Gomes, a proposta de orçamento para o próximo ano consagra “incentivos ao investimento externo” e a economia cabo-verdiana, diz, “não poderá crescer sem o capital proveniente do exterior”.

“O orçamento consagra medidas que apelam ao investidor externo a investir em Cabo Verde e com estes investimentos não só nos ajudam a resolver muitos problemas que temos, mas também podermos criar, efectivamente, emprego que é fundamental para o país”, indicou o vice-presidente do GP do MpD.

Referiu-se também a outras “medidas avulsas” do executivo que consistem na aposta no registo internacional de navios, o que poderá garantir uma “maior empregabilidade dos marítimos cabo-verdianos”.

A segurança e a justiça, área de soberania, segundo João Gomes, o OE-2019 contempla cerca de dez milhões de contos.

Fonte : Inforpress

  1. eduardo monteiro

    Eu não sei qual é o conceito que o João Gomes tem dos dois adjetivos “melhor e maior” S. Vcente tem 10% do total da ilha de Santiago que abocanha 11.861 mil contos, a Brava tem 125 mil contos e S. Nicolau 700 mil contos. Este Orçamento é mais uma pedra colocada na construção da Grande Nação Santiagense que o João Gomes e os restantes deputados nacionais de ambos os partidos eleitos por S. Vicente estão ajudar a edificar ao sul do arquipelago

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.