Trump ameaça aumentar taxas de todos os produtos chineses

27/11/2018 13:40 - Modificado em 27/11/2018 13:40
| Comentários fechados em Trump ameaça aumentar taxas de todos os produtos chineses

Presidente norte-americano mantém estratégia negocial agressiva nas vésperas de encontro com Xi Jinping para discutir confronto comercial entre os dois países.

A poucos dias do início do encontro do G20 em Buenos Aires e das reuniões bilaterais que irá realizar com o seu homólogo chinês, o presidente norte-americano não deu, em entrevista ao The Wall Street Journal, quaisquer sinais de estar disposto a ceder no confronto comercial que iniciou contra a China.

Dando sequência à estratégia de ataque que tem vindo a seguir também com diversos outros países, Donald Trump reiterou a intenção de avançar com a aplicação prática dos agravamentos de taxas alfandegárias já anunciadas e deixou a porta aberta para a possibilidade de anunciar ainda taxas adicionais, no caso de não se conseguir concluir um acordo entre os dois países.

Na entrevista ao The Wall Street Journal, o presidente norte-americano disse ser “altamente improvável” que a Casa Branca venha a aceitar o pedido de Pequim de uma suspensão dos agravamentos de 10% para 25% das taxas alfandegárias de 200 mil milhões de dólares de produtos chineses, uma medida anunciada e que está prevista entrar em vigor a partir de 1 de Janeiro de 2019. A suspensão desta medida é, para as autoridades chinesas, um ponto fundamental do encontro que se irá realizar este fim-de-semana entre o presidente chinês Xi Jinping e Donald Trump.

 

Em Público

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.