Sim, mães e pais têm preferência por algum dos filhos. A ciência explica

14/11/2018 22:57 - Modificado em 14/11/2018 22:57
| Comentários fechados em Sim, mães e pais têm preferência por algum dos filhos. A ciência explica

Ao que parece todos os progenitores têm um filho favorito – e poderá não ser você (dependendo do sexo).

Enquanto que a maioria dos pais resistirá em nomear o seu rebento favorito, um novo estudo sugere que sim, os progenitores têm uma maior preferência por certos filhos – e essa predileção baseia-se no género.

A pesquisa, conduzida por investigadores da Universidade de Rutgers em New Brunswick, nos Estados Unidos, revelou que as mulheres preferem as filhas, e por outro lado os homens favorecem os filhos.

O professor e líder do estudo Lee Cronk, disse: “Esta pesquisa poderá ajudar as pessoas a tornarem-se melhores pais, ao tornarem-se conscientes da sua parcialidade relativamente a uma criança ou outra”.

Para efeitos daquela pesquisa, os participantes realizaram uma tarefa que promovia sentimentos de pobreza ou de riqueza relativa.

Seguidamente, os investigadores mediram de várias formas as preferências dos voluntários pelas filhas e filhos.

Tal incluía uma oportunidade de fazer uma doação monetária para uma associação de beneficência que apoiava sobretudo raparigas ou rapazes, um teste que media discretamente as atitudes dos participantes e uma avaliação do rácio sexual que preferiam para os seus descendentes (noutras palavras se gostariam de ter mais filhas ou filhos).

Os resultados revelaram que o género dos participantes tinha um forte impacto na preferência por esses mesmos descendentes.

Em média as mulheres preferiam as filhas e investiam mais nelas, enquanto que os homens privilegiavam os filhos.

O estudo, publicado no periódico Scientific Reports, diz: “Estes resultados poderão ter ainda implicações na crescente desigualdade de rendimentos e na mobilidade social intergeracional”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.