Espia: Moradores exigem que promessas de campanha sejam cumpridas

13/11/2018 23:20 - Modificado em 13/11/2018 23:20
| Comentários fechados em Espia: Moradores exigem que promessas de campanha sejam cumpridas

 De acordo com a população da zona de Espia/Cabo de Ribera com quem o NN falou os problemas são vários. Entre eles a falta de iluminação pública, o calcetamento e o saneamento são alguns dos problemas apontados e os moradores acusam a edilidade local de não dar a devida atenção a esta localidade.

Manifestam o seu descontentamento e culpam o edil Augusto Neves por não cumprir com as promessas feitas durante a campanha eleitoral.

“Titino” Fonseca, um dos moradores dessa zona declara que a população sente-se abandonada pela edilidade da ilha. Posto isso, reclama das péssimas condições da zona e alega que a maioria dos postes de eletricidade – já colocados, ainda não têm lâmpadas. Conta que a partir das 19 horas a escuridão é total e exige que este problema seja resolvido, em nome do bem-estar e segurança dos residentes.

Dirce Dias também ela moradora, por sua vez, apela que seja solucionada a questão de saneamento na zona. Segundo nos declarou, as fossas não estão ligadas à rede de esgotos. Não existe água canalizada e é precioso recorrer á sentina local e esta nem sempre está abastecida.

Continua no rol de queixas no sentido de que a autarquia local, sozinha, não consegue dar conta dos problemas de todas as localidades, tendo em conta a realidade da ilha. Porém, para Suely, outra moradora, alerta a edilidade uma atenção especial nesta  zona. Nomeadamente no melhoramento das condições habitacionais dos moradores das casas de latas,

António Ramos por seu turno, mostrou-se preocupado com a má colocação dos postos de eletricidade. Segundo o mesmo, alguns deles encontram-se junto às moradias, o que pode servir de escada para os ladrões.

Justificando que tal situação põe em perigo a segurança da população da zona e que desde as eleições autárquicas esperam pela colocação das lâmpadas nos referidos postes, o prometido calcetamento e saneamento mas, até agora nada.

Os referidos moradores, indignados questionam até quando esta situação vai continuar e exigem uma resposta positiva por parte da Camara Municipal de São Vicente.

Entramos em contacto com a edilidade local, e estamos à espera de um encontro com os responsáveis da CMSV para esclarecimentos a estas questões.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.