Papalele: “Neste momento o foco está na selecção. Depois veremos o que poderá acontecer”.

12/11/2018 23:40 - Modificado em 12/11/2018 23:40

A novela em torno da viagem de Papalele para além-fronteiras, conheceu o seu desfecho nesta segunda-feira, 12, com o jovem jogador a poder viajar para Portugal, onde de resto já se encontram os restantes companheiros da selecção cabo-verdiana de futebol que preparam o jogo frente ao Uganda, em terras lusas.

Há muito que o sonho de poder actuar na Europa lhe vinha sendo negado por sistemáticas recusas ao pedido de visto do atleta de 20 anos do CS Mindelense. Tudo parece ter chegado ao fim para o avançado dos Leões da Rua de Praia, após ser convocado por Rui Águas para o importantíssimo e decisivo embate frente a Uganda, em jogo de apuramento para o CAN 2019.

O jovem avançado encontrava-se na cidade da Praia desde sexta-feira,09, tratando dos documentos para a sua viagem para Portugal. Já em terras lusas diz sentir “uma alegria total e realizado” por estar finalmente em Portugal.

Depois de muita demora relativo ao seu processo para representar cubes europeus, devido a problemas na obtenção do visto, o jovem vê agora com bons olhos esta oportunidade e espera com isso vir a poder realizar o seu sonho de ser um jogador profissional. “Se aparecer uma oportunidade em jogar aqui ou noutro país, vou agarrar a oportunidade com todas as minhas forças, isto depois de muito tempo à espera”.

No entanto o jogador afirma que neste momento está concentrado somente na selecção cabo-verdiana e no jogo frente ao Uganda. “Neste momento o foco está na selecção. Depois veremos o que poderá acontecer”.

De realçar que o primeiro treino de Papalele com o combinado nacional está agendado para a manhã de terça-feira, no complexo desportivo do Jamor em Oeiras, onde vai finalmente encontrar e dividir o campo com os seus ídolos, Ryan Mendes, Djaniny e o seu “grande amigo” Vozinha.

  1. Dje Guebara

    Boa sorte.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.