“Elas – Uma viagem no feminino” encerra Mindelact 2018

11/11/2018 23:06 - Modificado em 11/11/2018 23:06
| Comentários fechados em “Elas – Uma viagem no feminino” encerra Mindelact 2018

Este domingo caiu o pano sobre a 24ª edição do Mindelact, que trouxe para São Vicente 60 espectáculos em dez dias.

Apresentado no Centro Cultural do Mindelo, que recebe este musical, onde, de acordo com a nota de apresentação “palavras faladas e cantadas por mulheres, deixam a marca das lutas no feminino a partir das quais a directora artística Vera Cruz criou e desenhou uma viagem da mulher cabo-verdiana, e do mundo, ao longo de cinco séculos de história”.

Com o formato de um programa de rádio, onde duas radialistas animam uma noite dedicada à mulher, o musical começa em África “pátria-mãe” mátria, numa alusão aos anos da escravidão, passando pela glória da independência das colonias portuguesas, atravessando os anos pós-independência até chegar aos dias de hoje.

“Elas” tem a encenação de Vera Cruz cantora, compositora, interprete: uma performer que há mais de 30 anos explora campos artísticos variados: do reggae ao jazz; do batuco ao finasson e do teatro ao cinema.

Quanto ao elenco conta com as participações das cantoras Ella Barbosa, Nilde Mulongo, Sílvia Medina, Vera Cruz, Vera Figa, Zubikilla Spencer e Fattú Djakité.

Antes, a Academia Livre das Artes Integradas do Mindelo (ALAIM) recebeu o espectáculo “Kodé di Dona”, da Companhia Raíz de Polon, em que o dançarino Mano Preto faz uma homenagem a um dos “vultos” da cultura cabo-verdiana Kodé di Dona.

Com essas duas peças coloca-se o ponto final na 24ª edição do Mindelact, que movimentou a cidade de Mindelo, desde dia 02 com 60 espectáculos de 38 grupos oriundos de 14 países, sendo os mais representados Cabo Verde (15 espectáculos), Brasil (seis) e Portugal com cinco.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.