Presidente da Associação Regional de Futebol de Santo Antão Norte faz balanço “extremamente positivo” dos cinco anos á frente da instituição

24/10/2018 23:55 - Modificado em 24/10/2018 23:55
| Comentários fechados em Presidente da Associação Regional de Futebol de Santo Antão Norte faz balanço “extremamente positivo” dos cinco anos á frente da instituição

O presidente da ARFNSA, Carlos Irineu Assunção, afirmou nesta quarta-feira, 24, que não irá recandidatar-se ao cargo que ocupa há cinco anos. Pura questão de ética pois o mesmo pensa que não se deve estar muitos anos á frente de um cargo.

Depois de nove anos ligação ao futebol da zona norte de Santo Antão. Quatro como tesoureiro e cinco como presidente, Carlos Irineu coloca um ponto final a este longo vínculo. Como presidente da Associação de Futebol de Santo Antão Norte, Irineu faz um balanço “extremamente positivo” dos anos que esteve a frente do futebol nesta zona desportiva, apontando muitos ganhos, não só no desporto, mas também a nível social, que a sua equipa conseguiu alcançar.

“Na nossa última Assembleia Geral, realizada no passado sábado, 20, nós espelhamos tudo e não deixamos margem para dúvidas. A Associação ficou com um saldo que ronda os 600 contos. Tivemos melhorias nos troféus, aumento de prémio monetário para os clubes que antes era de 35 mil escudos e passou para os 50. Não existia um prémio monetário na segunda divisão e nós passamos a oferecer 25 mil escudos. Na Taça da Região Norte também não existia prémio e a Associação passou a presentear com 20 mil escudos. Somente da Associação Regional saía 95 contos para os prémios monetários, isto fora as Taças das competições” sublinha.

Outro dos ganhos, apontados pelo presidente da ARFNSA, nos últimos dois anos incide no departamento social, onde apoiaram cerca de 60 alunos com as propinas escolares, isto nos três liceus da região norte (Escola Secundária Suzete Delgado, Liceu do Coculi, Escola Secundária Januário Leite).

Carlos Assunção diz que não se recandidata novamente para o cargo, por uma questão de “ética”, afirmando que não se pode estar muitos anos a frente de um cargo. “Não é por não ter trabalho realizado durante todo este tempo, porque este está aos olhos de todos, mas simplesmente por uma questão de ética. Já mostrei toda a minha transparência, humildade, trabalho feito e agora chegou o momento de outras pessoas entrarem com outro dinamismo e ideias novas, porque só assim a gente consegue ir a bom porto”.

Nesta longa caminhada a frente da Associação, Carlos Assunção assume que enfrentou várias dificuldades. A começar desde logo quando assumiu o cargo a cinco anos atras, a ARFNSA tinha apenas um saldo de 40 mil escudos. O Presidente assume que durante estes cinco anos, nunca teve o apoio das Câmaras Municipais da Ribeira Grande e do Paul, isto quando a Associação tem direito a um subsídio destas duas instituições. Por parte da FCF o subsídio, como refere Carlos Assunção, vem sempre tarde, impossibilitando uma melhor organização. “Aproveito para lançar um alerta no sentido da FCF canalizar os subsídios a tempo e horas, porque neste momento a ARFNSA tem cerca de 900 contos em subsídios na posse da FCF. Isto tem vindo a criar-nos algumas dificuldades. Do resto nós conseguimos levar adiante o nosso plano de actividades. Isto graças a nossa boa organização tanto a nível administrativo como financeiro”.

Carlos Assunção concluiu dizendo que sempre trabalhou para a “sustentabilidade” garantindo que o novo presidente a ser eleito tem em mãos condições para fazer um bom trabalho.

A eleição dos novos corpos gerentes para os próximos dois anos da Associação Regional de Futebol da Zona Norte de Santo Antão, sairá da Assembleia Geral que será realizada no próximo sábado, 27, na sede da Associação situada na Cidade da Ribeira Grande. Dois candidatos já manifestaram a intenção de disputar a presidência da Direcção. Hermes Pinto, Polícia de Profissão foi o primeiro a anunciar a sua candidatura. Pedro da Luz, antigo presidente da ARFNSA, e professor, é o outro candidato.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.