PAICV quer auditoria do TC ao negócio com a Binter

24/10/2018 23:13 - Modificado em 24/10/2018 23:13

O PAICV mostrou-se preocupado com a inexistência de um contrato entre o Governo e a Binter, afirmando que Cabo Verde está “completamente desprotegido com o negócio, pelo que o Tribunal de Contas (TC) deve mandar fazer auditoria ao processo”.

O deputado do Partido Africano para Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) João Baptista Pereira considera que “O Governo sempre disse que a entrada da Binter teria como contrapartida a entrada de Cabo Verde no capital social da empresa. Existe um memorando que foi assinado entre o Governo e a Binter e hoje o primeiro-ministro vem dizer que não existe qualquer contrato com a referida empresa”. Segundo o deputado, com a assinatura do memorando de entendimento e não de contrato, como se previa, o Governo “não tem como fazer valer os seus direitos” perante os tribunais.

Neste sentido, disse esperar que o TC, após as declarações do primeiro-ministro, mande realizar uma auditoria ao processo  para que, ajuntou, os cabo-verdianos possam conhecer os meandros do negócio do Governo com a Binter.

  1. Maria José

    Estou plenamente de acrodo que o negocio Binter seja auditada.
    Mas tambem o proprio Tribunal de Contas deve ser auditado e inspeccionado. Fizeram muita emcobertura nos mandatos do PAICV.

  2. Maria José

    Interessante que enquanto o camarada Zé Carlos la esteve ninguem do PAICV abriu a boca. Só agora que temos nova composicao do TC vem o PAICV a pressas pedir auditoria. kkkkk

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2019: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.