Cabo Verde: 45% da população estudantil já experimentou pelo menos uma bebida alcoólica

10/10/2018 00:31 - Modificado em 10/10/2018 00:31
| Comentários fechados em Cabo Verde: 45% da população estudantil já experimentou pelo menos uma bebida alcoólica

Apesar dos dados insuficientes sobre consumo de droga em Cabo Verde, um estudo pioneiro realizado em 2013 pela Comissão de Coordenação do Combate à Droga (CCCD) indicou que a prevalência do consumo de substâncias psicoativas (drogas lícitas e ilícitas) nos alunos das escolas secundárias cabo-verdianas é de 7,2%.

O mesmo inquérito concluiu que o álcool é a droga lícita mais consumida pela população estudantil, sendo que cerca de 45% já experimentou pelo menos um tipo de  bebida alcoólica.

Estes dados foram apresentados durante o Seminário de Formação da Rede Nacional de Epidemiologia sobre o Uso de Drogas em Cabo Verde.

De acordo com o Ministro da Saúde e da Segurança Social, Arlindo do Rosário, sobre os dados epidemiológicos em Cabo Verde, é preciso conhecer-se a realidade do consumo de drogas em Cabo Verde, com dados fiáveis, obtidos com rigor científico, bem como informações sobre a incidência e a prevalência, o tipo e padrão do consumo de substâncias psicoativas na nossa sociedade. O que na sua óptica, “nos permitirá reavaliar as estratégias até agora implementadas, introduzir as necessárias correcções nos programas voltados para a prevenção, o tratamento e a redução do risco”.

Para Arlindo do Rosário a criação desta Rede constitui “uma etapa importante para se estimar sobre a magnitude do problema, impondo-se para isso o controlo apropriado das intervenções, existência de um sistema de informação eficaz, seguro e facilmente acessível”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.