Santo Antão : Autarcas pedem e governo confirma a introdução do ensino superior em 2019

18/09/2018 14:42 - Modificado em 18/09/2018 14:45

Com o início do novo ano lectivo os autarcas de Santo Antão voltam a lembrar ao Governo  que a implementação do ensino universitário  na ilha continua na agenda política. Anibal Fonseca , Presidente da Câmara Municipal de Porto Novo,  lembrou ao ministro de estado Elísio Freire que  “O ensino superior em Santo Antão foi sempre um compromisso deste Governo. Queremos, por isso, encorajá-lo a prosseguir nessa linha, criando as condições para que os nossos alunos possam frequentar o ensino superior em Santo Antão”.

Fernando Elísio Freire reafirmou o propósito do Governo de trazer o ensino superior para Santo Antão, explicando que a concretização dessa medida “passará pela reformatação de todo o ensino superior em Cabo Verde”, já em fase de estudo, que exigirá, também, “a reconfiguração de todas as universidades” no país.

O Governo diz estar a trabalhar no processo para a implementação do ensino superior em Santo Antão, que passará pela instalação e entrada em funcionamento, nesta ilha, a partir de 2019/2020, do Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias.

  1. Maria José

    Todo mundo preocupado com o SOFA. Mas ninguem se preocupa com aquilo que mexe com a soberania nacional e de todos os cidaddaos. Com a seguranca dos proprios cidadaos e da proteccao da sua identidade.
    Veja só:
    Atualmente, mais de 3.000 cidadãos têm o seu CNI que é emitido em nove conservatórias: Santo Antão (Paul, Porto Novo e Ponta do Sol), São Vicente, Brava, Fogo (São Filipe, Santa Catarina e Mosteiros) e Santiago (Arquivo Nacional de Identificação Civil e Criminal, Assomada).

    Segundo a ministra da Justiça e Trabalho, existem também na diáspora oito representantes diplomáticos com capacidade para o CNI.

    Este cartão, que é produzido em Portugal, custa 1.395$00. Com urgência, o seu valor é de 1.795$00.

    Meu Comentário: Isto é uma vergonha nacional. Aliás é uma questao de soberania Nacional. Colocar todos os dados os dados dos cidadaos caboverdinanos nas maos da antiga potencia. Perdemos uma oportunidade impar para reafirmar a nossa soberania.
    Caboverdianamente me subscrevo.
    Maria José.

  2. vitoria regia

    Nãoooo, por favor NÃO! O ensino superior aqui já deu mostras que é uma porcaria, vcs os dirigentes não deixam os vossos filhos a estudar em CV, fazem muito bem em manda-los para o exterior, e ainda querem esticar a falta de respeito com a inteligencia de outros filhos da terra em possibilita-los o ensino superior aqui! Por favor, não façam isso! Os caboverdianos estão desgostosos com este CV, sabemos que temos poucas chances, mas por favor sejam um pouco honestos. Perguntem ao Orlando Delgado onde está e onde vai estudar o resto da sua prole?! Enfim, parem com o único objectivo de perpectuar com o poder e enriquecer frases de campanha. Ele dirá: ” Criamos condições para ter estudo superior em SA.” Não dirá: “Meus filhos nunca estudariam a formação superior aqui em CV.” Ele é esperto – aqui não tem condições!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2020: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.