OE 2019: Ministro das Finanças lança desafio às empresas TIC em Cabo Verde

12/09/2018 22:02 - Modificado em 12/09/2018 22:02
| Comentários fechados em OE 2019: Ministro das Finanças lança desafio às empresas TIC em Cabo Verde

O Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, desafiou as empesas de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) sediadas em Cabo Verde a selecionarem e apresentarem, num período de uma semana, medidas concretas que gostariam de ver contempladas no Orçamento de Estado de 2019. 

Olavo Correia lançou na  terça-feira, 11, o repto no âmbito das audições em preparação do Orçamento de Estado para o próximo ano, direcionada às TIC, na qual, recebeu, no Ministério das Finanças, uma boa representação do setor (privados, Núcleo Operacional para Sociedade de Informação –NOSI, a academia, as principais empresas de telecomunicações do país). Isto, segundo explicou o Governante, com o objetivo de promover um setor das TIC pujante em Cabo Verde e integrado na cadeia de criação de valor internacional.

Segundo enfatizou o Governante, os empresário e principais “players” do setor deverão preparar as medidas concretas com o apoio do NOSI e que serão depois analisadas de acordo com a disponibilidade do país, com o objetivo de serem integradas no OE 2019. Uma garantia deixou, entretanto, o responsável pelas Finanças Públicas de Cabo Verde, o Governo está disponível para ir até ao limite das suas possibilidades em matéria de incentivos e promoção do setor das TIC.

Olavo Correia enfatizou a importância das TIC para a estratégia que este Executivo tem traçado para o nosso país (alojado tanto no Programa do Governo, como no Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável – PEDS, mais concretamente, através da Plataforma Digital e da Inovação).

O encontro desta terça-feira teve na agenda as medidas com vista à criação de um mercado sólido para as TIC, com Medidas de Política concretas no OE e nos demais instrumentos do Estado; análise das questões relacionadas com o financiamento para o real desenvolvimento do setor TIC e ainda, houve oportunidade para se fazer uma breve apresentação das Medidas Fiscais já existente no país, de modo a se discutir e implementar as alterações acordadas como necessárias para a preparação deste importante setor.

As audições continuam esta tarde, com o Setores de Financiamento/ Empresas, com foco na criação de Emprego.

 

Governo.cv

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2021: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.