São Vicente: Praia da Laginha entre as mais contaminadas do país – Estudo

27/02/2023 17:15 - Modificado em 27/02/2023 17:16

As praias urbanas da Laginha, no Mindelo, e da Quebra Canela, na Praia, estão entre as mais contaminadas. A conclusão é de um estudo académico realizado no âmbito do curso de análises clínicas e saúde pública da Universidade Jean Piaget. Em concreto, foi detectada a presença de ovos e cistos de parasitas patogénicos nas praias balneares de, pelo menos, quatro ilhas.

A pesquisa recomenda a montagem de um sistema de vigilância apertada e uma estratégia coerente de limpeza das praias balneares. De entre as praias analisadas, apenas a de Santa Maria, na ilha do Sal, não apresenta sinais de contaminação.

Hélio Rocha, docente universitário, foi quem orientou o trabalho de pesquisa da estudante Andreia de Pina e Os parasitas detetados resultam da contaminação fecal de águas e do areal, situação mais complicada na praia da Laginha em São Vicente. “Basicamente existe contaminação por fezes nessas praias, o que demonstra de forma clara que ainda não temos essa preocupação relativamente à qualidade da água, das areias, o que poderá eventualmente levar a problemas de saúde pública  

Pior que a Laginha apenas Quebra Canela, na cidade da Praia, conforme Hélio Rocha, referenciado em vários estudos anteriores.  As causas estão relacionadas com a proximidade dos esgotos e nalgumas situações com a presença de animais.

O professor universitário subscreve as medidas apontadas pela estudante de análises clínicas e saúde pública da Uni-Piaget, Universidade Jean Piaget.

“Temos um sistema de monitoramento da qualidade tanto das areias quanto das águas das nossas praias balneares em todas as ilhas. Além disso, cumprir algumas regras essenciais, por exemplo, o despejo do esgoto para o mar, mesmo que tenha algum tratamento, o tubo vai fazer este despejo em termos de distanciamento de 300 a 400 metros para dentro do mar por forma a evitar estas contaminações”, explicou.

Acrescentou ainda que a remoção de animais perto de praias é essencial, principalmente os cães que são que contêm parasitas.

Docente da Uni-Piaget, Hélio Rocha é licenciado em Análises Clínicas e Saúde Pública, com doutoramento em Doenças Tropicais e Saúde Global. 

C/RCV

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.