Boavista/Piroga: PR apela à criação de mecanismos de prevenção e acompanhamento de situações futuras

16/01/2023 17:56 - Modificado em 16/01/2023 17:56

Em reação ao acontecimento relacionada à chegada de uma piroga no sábado à ilha da Boavista, proveniente da Costa Ocidental Africana, com cerca de 90 pessoas a bordo, o Presidente da República pediu às entidades governamentais para criarem mecanismos de prevenção e acompanhamento de situações futuras, idênticas. 

Em publicação  na sua página oficial do Facebook, José Maria Neves aproveitou para chamar atenção para a necessidade de “mobilização da sociedade civil e todas as autoridades locais no sentido de prestar assistência a essas pessoas.”

O Chefe do Estado apelou ao “fundamental” apoio do Governo para acudir essas pessoas e alertou para a necessidade da criação de mecanismos que possam dar respostas a esse tipo de situação no futuro, seja na prevenção ou acompanhamento.

“É preciso a mobilização de toda a sociedade civil e de todas as autoridades locais, no sentido de prestar assistência a essas pessoas. E é fundamental também o apoio do Governo, no sentido de acudir estas pessoas que chegaram”, encorajou o Chefe de Estado.

JMN lembrou que em Setembro também tinha dado à costa uma piroga com oito pessoas e que os cidadãos  já regressaram aos seus países de origem. Devido a esta situação, Neves prevê que poderão estar a chegar mais pirogas ou poderão estar a acontecer mais acidentes aqui perto de Cabo Verde.

Neste sentido, disse, é importante criar formas de prevenir e de acompanhar situações desta natureza.

José Maria Neves prestou a sua solidariedade à Câmara Municipal da Boa Vista e disse estar a acompanhar atentamente este processo, apelando ao apoio e mobilização de todos.

AC

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.