São Vicente: Jovem casal perde tudo em incêndio e precisa de ajuda para recomeçar

9/01/2023 00:23 - Modificado em 9/01/2023 00:23

Uma família, composta por um jovem casal e uma criança perdeu praticamente tudo o que tinha após incêndio na residência, na zona de Alto de Solarino em São Vicente. Ninguém estava dentro da casa no momento do incêndio.

A casa que era constituída por blocos de cimento e outra parte de tambor, ficou completamente destruída.

De acordo com um vizinho, tudo aconteceu devido a uma panela que estava ao lume, perto de uma das partes da casa construída de tambor. “Suponho que foram colocar a panela ao lume e a chapa poderá ter aquecido demais e madeira ao lado começou a criar brasa e depois começou o fogo. Quando me chamaram estava deitado, depois dei conta da situação e quando cheguei não tinha muito fogo, mas estava com um fumo preto”.

Segundo Nelson da Graça, o fumo não os deixou entrar dentro da casa e logo de seguida o fogo tomou conta do local”.

Nisto diz que os bombeiros foram acionados, para combater as chamas que consumiam a residência. Todos os cômodos foram atingidos e a casa ficou completamente destruída. Mas infelizmente quando chegaram não conseguiram combater o incêndio pela primeira vez.

“Chegaram pouco tempo depois de terem sido chamados. Entretanto, chegaram no carro mais pequeno e a água acabou e tiveram que chamar outro carro para suportar. E quando chegaram não restava mais nada do conteúdo de dentro de casa”, afirmou Graça.

Por seu lado, os bombeiros defendem que a água nunca faltou, e o que aconteceu é que, segundo informações recolhidas é que o vento estava a atrapalhar os trabalhos de combate de incêndio e que o segundo carro, foi chamado apenas para reforçar os trabalhos que terminaram cerca de 1 hora depois.

A família, composta por um casal e uma criança pequena, perdeu roupas, fogão, cama e documentos. “Meu amigo tentou pedir ajuda. Quando cheguei estava tudo em chamas. Não deu para salvar nada”, contou Nelson da Graça.

A casa era simples, dizem os moradores, mas tinha tudo o que necessitavam. “Quem os puder ajudar para recomeçar agradecemos”, disse.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.