Parlamento: UCID pede maior “maior transparência e coerência” nas políticas do Governo

23/11/2022 17:06 - Modificado em 23/11/2022 17:06

O presidente e deputado da União Cabo Verdiana Independente e Democrática (UCID), João Santos Luís, pediu, “maior transparência e coerência” nas políticas do Governo e criticou as “constantes sonegações de informações” e a “forma pouco clara que alguns dados, nomeadamente números”, nos documentos fornecidos pelo executivo.

 “Precisamos de uma maior transparência e coerência nas políticas do Governo, no sentido de se aumentar a segurança e a credibilidade nas suas posições políticas”, exortou João Santo Luis na sua intervenção no parlamento.

As constantes sonegação de informações e a forma pouco clara que alguns dados, nomeadamente números que são colocados nos documentos do governo contribuíram para a recente, 2021 classificação de transparência internacional.

O líder da UCID disse que é importante melhorar o nosso ranking, na medida em que as intervenções governamentais em áreas tais como impostos, dívida pública, donativos, regulamentação e subsídios aumentam os problemas de informação normalmente destinados à sociedade civil.

A transparência, considerou, é um “instrumento fundamental” na modernização do Estado, pois explicita os compromissos governamentais reclamados, posteriormente, como sendo direitos sociais dos cidadãos.

O mesmo vê a necessidade de a democracia cabo-verdiana robustecer os mecanismos de transparência, justificando que sem estes “é impossível que o político eleito tenha qualquer controle sobre a burocracia pública, bem como o povo sobre o político eleito”.

O partido falou no “excesso de formalismo” que a seu ver precisa ser “urgentemente” ser rompido, porque, justificou, “só assim conseguiremos ter a transparência pública como fator central no processo de desenvolvimento”.

“Dotar o país de instrumentos institucionais fortes para garantir um verdadeiro accountability é condição essencial para atração de grandes investimentos que possam proporcionar o desenvolvimento econômico e social de Cabo Verde”, completou.

AC – Estagiária

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.