Áustria financia central dessalinizadora na ilha da Boa Vista

22/11/2022 16:45 - Modificado em 22/11/2022 16:51

O vice-primeiro-ministro de Cabo Verde, Olavo Correia, anunciou hoje um acordo de financiamento com o Banco da Áustria, de 10 milhões de euros, para instalar uma central dessalinizadora na ilha da Boa Vista.

“Em representação do Governo, assinei, com o Banco da Áustria, um acordo de financiamento no montante de 10 milhões de euros para a compra de uma dessalinizadora com a capacidade de produção de 5.000 metros cúbicos por dia, para atender à necessidade da ilha da Boa Vista”, anunciou Olavo Correia, que é também ministro das Finanças.

O governante explicou ainda que esta produção “visa atender à demanda da ilha”, a segunda mais turística do arquipélago, para “assegurar a dinâmica do setor do turismo, bem assim para atender às necessidades da população”.

“Este crédito é concessional, a taxa de juro zero, o que vai auxiliar o Governo de modo a ter mais espaço para utilização do próprio crédito”, disse ainda.

Face às sucessivas secas no arquipélago, o Governo tem vindo a procurar diversificar as fontes de água potável, nomeadamente através de rega gota a gota na agricultura e de centrais de dessalinização para consumo humano.

Já em 2021 tinha sido anunciado pelo Governo que a central de dessalinização do Palmarejo, na cidade da Praia, a maior do país, iria aumentar a capacidade de produção em 5.000 metros cúbicos de água diários a partir de Março, num investimento financiado também pela Áustria em 5,5 milhões de euros.

AC

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.