São Vicente: Vinte jovens recebem formação em formação em abate, cortes nobres e valorização da carne de ruminantes

17/11/2022 11:04 - Modificado em 17/11/2022 11:04

Em São Vicente, vinte jovens recebem entre os dias desde do dia 14 até ao dia 18 de novembro de 2022, no Centro Formação “Meste Cunco” e no Matadouro Municipal (Ribeira de Craquinha), uma Formação em Abate, Cortes Nobres e Valorização da Carne de Ruminantes, ou seja carnes de vaca, ovelha e cabrito, organizada pela Associação dos Amigos da Natureza (AAN).

A formação é dirigida a açougueiros municipais e dos talhos da cidade, além de pessoas provenientes das associações de criadores que se dedicam à criação e ao abate de animais, conforme o presidente da Associação, Aguinaldo David.

“O principal objetivo da formação é a reciclagem dos profissionais desse setor e a transmissão de novas técnicas de corte das carcaças com vista à melhor valorização da carne, além da sensibilização para o uso do Matadouro Municipal como espaço adequado para o abate de animais e que garante todas as condições para a obtenção de uma carne sadia e que não coloca em risco a saúde dos consumidores”, explicou o responsável.

O presidente da Associação dos Amigos da Natureza, avançou ainda que durante a formação serão ministrados diferentes módulos: Higiene e segurança sanitária no matadouro, Legislação/ Código de Postura Municipal, Maneio pré-abate, Inspeção ante e pós mortem, Abate humanizado, Desfola, Cortes nobres das carcaças e Valorização da carne.

Salienta-se que a Formação em Abate e Cortes Nobres de Ruminantes é realizada no âmbito do Projeto “Estruturação da Cadeia de Ruminantes, fortalecendo os sistemas de produção, agregação de valor ao produto e comercialização”.

O projeto Projeto Estrutuação da Cadeia de Ruminantes é financiado pela Agência Regional para Agricultura e Alimentação da CEDEAO (ARAA/CEDEAO) e a Cooperação Suiça e promovido pela Associação dos Amigos das Natureza (AAN) e a Associação de Criadores de Curral Tortolho, e conta com as parcerias institucionais da Câmara Municipal de S. Vicente, Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA) e a Fábrica de Rações dos Amigos da Natureza.

Este projeto, realça Aguinaldo David tem por objetivo, contribuir para a organização da cadeia produtiva de ruminantes de corte, aumentando a produtividade dos sistemas de produção tradicionais a qualidade agregando valor à carne e às formas de comercialização nas Ilhas de S. Vicente e Santo Antão, Cabo Verde.

EC

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.