Cabo Verde aponta retoma turística no Sal e Boa Vista e quer alargar a São Vicente – PM

13/11/2022 20:50 - Modificado em 13/11/2022 20:50
© Lusa

O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, reconheceu hoje a “retoma efetiva” na procura turística nas ilhas do Sal e da Boa Vista e afirmou que São Vicente será a próxima prioridade da diversificação na oferta.

“Há uma retoma efetiva, ainda muito concentrada no Sal e Boa Vista, o que nos desafia a desconcentrar. São Vicente poderá ser a próxima ilha com grande impulso turístico”, afirmou o primeiro-ministro, após inaugurar a obra de reabilitação do Hotel Riu Karamboa, na ilha da Boa Vista, avaliada em 48 milhões de euros.

“Há um conjunto de hotéis em construção que vai suprir o problema de oferta de quantidade e qualidade, além de muitos outros ingredientes que complementam com o turismo de cidade, um ambiente cultural agradável, e com a ilha de Santo Antão a completar. [a ilha do] Maio é também outro próximo destino turístico muito forte”, disse o chefe do Governo.

Ulisses Correia e Silva inaugurou hoje a reabilitação e ampliação do Hotel Riu Karamboa, descrevendo ser um “ato simbólico, mas muito forte, marcando uma grande diferença em relação ao que se tinha antes, com aumento de qualidade, a nível arquitetónico, espaços e melhores condições de serviços. O grupo espanhol Riu é o maior investidor turístico em Cabo Verde, com forte sentido de responsabilidade social, bom contribuinte em termos de impostos, cria empregos e promove outros investimentos. É, sem dúvidas, um grupo de referência para Cabo Verde”.

“No verão, em época baixa, estávamos com uma ocupação muito alta, no Sal e na Boa Vista, com níveis superiores a 80%. Para a época do inverno turístico, prevê-se o aumento desta ocupação. Estamos muito confiantes”, acrescentou.

“Para 2023, esperamos crescimento ainda maior, saímos de uma contração de 14,8%, crescemos 7% em 2021, vamos crescer mais de 8% em 2022, graças ao impulso do turismo e a sua retoma. E se em 2023 mantivermos a tendência, vamos ter muito maior fluxo turístico nas ilhas. Há investimentos em curso”, garantiu ainda.

Lusa

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.