Brockton/ Estados Unidos: Cabo-verdiano morre após assassinar ex- companheira de forma “bárbara e brutal”

3/11/2022 20:15 - Modificado em 4/11/2022 16:20
| Comentários fechados em Brockton/ Estados Unidos: Cabo-verdiano morre após assassinar ex- companheira de forma “bárbara e brutal”


Verónica Rosa Gonçalves, 48 anos, natural de Mosteiros, ilha do Fogo, foi encontrada sem vida na quarta-feira, 02 de Novembro à entrada da casa onde residia na cidade de Brockton, nos Estados Unidos.
De acordo com a polícia a mulher tinha marcas visíveis de ferimentos na cabeça e no rosto e foi na local declarada sem vida.

Autoridades acreditam que a mulher foi alvo de um ataque “bárbaro e brutal” por parte do ex-companheiro, com quem mantinha relações desde há vários anos, de nome João Correia, 56 ano.

O suspeito, conforme informações oficiais morreu esta quinta-feira, depois de ter sido detido na noite de quarta-feira e conduzido a um hospital em estado crítico.

A nota, conforme anvançou a pagina Onda Kriolu não diz nem a causa da morte nem o motivo pelo qual ele foi hospitalizado mas, de acordo com fontes hospitalares, ele terá bebido ácido de bateria depois de ter assassinado á facada a sua ex-companheira no início da tarde de quarta-feira.

João Correia era natural de Ponte Verde, ilha do Fogo, e foi companheiro de Verónica Rosa Gonçalves, 48 anos, ela também natural da ilha do Fogo, com quem mantinha uma relação de longa data.

Na quarta-feira, por volta da uma hora da tarde e por motivos que ficarão por saber ele terá esfaqueado a sua ex-companheira quando esta acabava de chegar à casa onde residia em Brockton, depois de ter deixado sua filha no trabalho, estando ainda no carro a neta de dois anos.

Verónica residia há muitos anos nos Estados Unidos e deixa duas filhas maiores de idade a quem endereçámos as nossas mais sentidas condolências, extensivas a toda a família.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.