Remoção canteiros do projeto Pedonal em São Vicente: Veradores da UCID e PAICV dizem não ser contra o projecto

31/10/2022 23:40 - Modificado em 31/10/2022 23:40
| Comentários fechados em Remoção canteiros do projeto Pedonal em São Vicente: Veradores da UCID e PAICV dizem não ser contra o projecto

Os Vereadores da União Caboverdiana Independente e Democrática (UCID) e do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), numa carta enderaçada aos meios de comunicação social, diz que a acção de remoção dos canteiros deveu-se, primeiro, por várias queixas dos municipes e também devido à irregularides do processo.

É que segundo o documento assinado pelos vereadores, Anilton Andrade, Neusa Sança e Samuel dos Santos da UCID, bem com Celeste da Paz e Albertino da Graça do PAICV esclarecem que a sua ação do dia 28 de Outubro passado, durante a qual mandaram remover os separadores da Rua Cristiano de Sena Barcelos, deveu-se ao facto de terem recebido várias queixas dos municipes e de após terem procurado informações junto de responsáveis camarários e do próprio Presidente e demais vereadores em sessão ordinária da Câmara, como se pode constatar na Ata desta sessão, não terem conseguido qualquer explicação.

“Face ao quadro claramente perturbador do trânsito, sem nenhuma explicação da razão da colocação desses separadores e de quem os mandou lá colocar, os Vereadores decidiram mandar remover os separadores da Rua” lê-se.

Alegam que lhes foram dados a conhecer que a autorização para a colocação desses separadores na Rua Cristiano de Sena Barcelos partiu do Presidente da Câmara. sem a devida autorização do órgão responsável, “um assunto que seria tratado pelos, vereadores, em espaço próprio”.

Acrescentam ainda que em nenhum momento referiram serem contra o projeto, até porque seria um contrassenso, na medida em que não o conhecendo, sem nunca ninguém lhes terem apresentado, não poderiam ser contra uma coisa que não conhecem.

EC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.