PM espera que os pais cabo-verdianos colaboram na vacinação dos seus filhos

10/10/2022 15:32 - Modificado em 10/10/2022 23:40
| Comentários fechados em PM espera que os pais cabo-verdianos colaboram na vacinação dos seus filhos

Iniciou-se esta segunda-feira, 10, a campanha de vacinação contra covid-19 para crianças dos 5 aos 11 anos de idade. O Primeiro-Ministro de Cabo Verde, espera que todos os pais autorizem que os seus filhos sejam vacinados, completando assim todo o processo de vacinação a nível nacional, avançou Ulisses Correia e Silva, em uma nota divulgada na sua rede social Facebook.

Por ainda estarmos em contexto da pandemia é importante continuar a se proteger, indicou o chefe do executivo que aproveitou para agradecer aos Estados Unidos pela oferta das doses de vacina, e que, graças a este “gesto bonito” se conseguiu iniciar esta campanha hoje.

O governante lembrou que aquele país tinha oferecido ao nosso país doses em quantidade suficiente para acelerar o processo de vacinação, na altura do surgimento dos primeiros casos, e que mais uma vez voltaram a apoiar Cabo Verde com vacinas específicas para esta fase etária.

“Ela é segura. Espero que os pais possam dar a devida autorização para as crianças se vacinarem. É bom continuar a proteger, porque isso só dignifica Cabo Verde enquanto país e as nossas instituições. Estamos no bom caminho para nos mantermos na lista dos países com o maior nível de vacinação no mundo”, afirmou.

Em todas as faixas etárias, o país está com um nível global de vacinação à volta dos 86%. Dos 12 aos 100 anos, com a 3.ªdose, o valor é mais baixo, à volta de 40 por cento, mas este combate só pode ser vencido até ao final com a maior protecção possível, de acordo com a nota avançada.

Nesta segunda-feira, Ulisses Correia e Silva presenciou o arranque da campanha na Escola Básica de Achada Grande, na cidade da Praia.

AC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.