Pelo menos 34 mortos em tiroteio numa creche na Tailândia: 23 crianças estão entre as vítimas mortais

6/10/2022 12:21 - Modificado em 6/10/2022 12:22
| Comentários fechados em Pelo menos 34 mortos em tiroteio numa creche na Tailândia: 23 crianças estão entre as vítimas mortais

Pelo menos 34 pessoas morreram, entre elas crianças, num tiroteio em massa numa creche situada numa província do nordeste da Tailândia, esta quinta-feira. O massacre ocorreu no Centro de Desenvolvimento Infantil no distrito de Uthaisawan Na Klang, província de Nong Bua Lamphu, divulgaram as autoridades, citadas pelo jornal Arab News.

Um coronel da polícia disse que pelo menos 23 crianças estão entre as vítimas mortais, segundo a AFP.

O principal suspeito, um antigo agente da polícia, de 34 anos, que estava na posse de uma espingarda, uma pistola e uma faca, pôs-se em fuga e suicidou-se depois de ter usado armas de fogo e esfaqueado crianças e adultos, noticia a Reuters.

De acordo com uma declaração do governo tailandês, “o primeiro-ministro [Prayuth Chan-ocha] expressou as suas condolências” perante o incidente e um porta-voz do governo alertou para que sejam tomadas medidas.

O jornalista e produtor do canal televisivo National News Channel, Chaudhary Parvez, informou na sua conta oficial do Twitter que o “atirador em massa num centro de acolhimento de crianças em Nong Bua Lamphu que causou 35 mortes, muitas crianças, matou a sua mulher e filho antes de se suicidar”, acrescentando que “o sargento da polícia Panya Kamrab foi despedido por envolvimento com drogas”.

As autoridades disseram desconhecer o motivo do ataque.

A taxa de posse de armas na Tailândia é elevada em comparação com alguns outros países da região, mas os números oficiais não incluem o registo de um grande número de armas ilegais. Os disparos em massa são raros na Tailândia, mas em 2020, um soldado incomodado por causa de um negócio imobiliário matou pelo menos 29 pessoas e feriu 57.

Noticias ao Minuto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.