Rosemary Morais é oficializada como jogadora de equipa de 1ª divisão e como treinadora adjunta do escalão infantil no clube Diekirch em Luxemburgo

4/10/2022 23:27 - Modificado em 4/10/2022 23:27
| Comentários fechados em Rosemary Morais é oficializada como jogadora de equipa de 1ª divisão e como treinadora adjunta do escalão infantil no clube Diekirch em Luxemburgo

Licenciada há pouco tempo em Educação Física e Desporto, natural de Porto Novo, Santo Antão, Rosemary Morais tem a partir de agora, a responsabilidade de dar o máximo de si como jogadora e como treinadora adjunta no Clube Diekirch de Luxemburgo. Desafios que disse receber com muito prazer, sobretudo, porque o futebol é a sua paixão.

A jovem cabo-verdiana de 29 anos contou ao NN que foi para Luxemburgo para participar em formações e sobretudo correr atrás dos seus sonhos e fazer aquilo que considera a sua paixão: Futebol.

“Quando cheguei em Luxemburgo fui chamada para se apresentar no Clube Diekirch, fiz testes como jogadora e no final fui aceite”, avançou.

Neste momento, disse estar a jogar como profissional nesta equipa da 1ª divisão, clube, onde disse começar primeiramente com um estágio e que na terça-feira passada foi oficializada, através de um contrato como treinadora adjunta no escalão das crianças com idade compreendida entre 12 e 14 anos.

Para esta jovem, a tarefa é mais um desafio, já que seu grupo pelo qual foi designada de treinadora adjunta, é composto por 30 crianças e estão num nível diferente e isso tem que ver com os jogadores mais preparados fisicamente e que podem participar em campeonatos e aqueles que estão um pouco acima do peso.

“Antes de assumir o cargo de treinadora adjunto era diferente e agora tenho mais uma responsabilidade. Tenho que estar sempre preparada, planejar treinos, entre outras responsabilidades”, disse.

Adiantou ainda que já começou uma formação de treinadores para que daqui a três meses possa ter a sua uma equipa, sob seus comandos. Apesar deste grande desafio, disse estar muito feliz e orgulhosa de si mesma.

Em São Vicente, Rosemary Morais foi jogadora do CS Mindelense, por mais de um ano, e do Falcões do Norte por 4 anos, para além de mostrar o seu grande talento nas competições interuniversitárias na modalidade de futsal na ilha do monte cara.

AC – Estagiária

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.