Cresce o número de ofertas de trabalho para cabo-verdianos em Portugal – Uma oportunidade de vida ou procura de mão-obra barata

26/09/2022 00:10 - Modificado em 26/09/2022 00:10
| Comentários fechados em Cresce o número de ofertas de trabalho para cabo-verdianos em Portugal – Uma oportunidade de vida ou procura de mão-obra barata

 Nos últimos meses, os cabo-verdianos tem sido bombardeados com informações de recrutamento de trabalhadores para a construção civil, turismo, motoristas, para trabalhar em Portugal.

Um fenómeno, visto dentro no país, pelo menos para os jovens com bons olhos. Acreditam que pode ser uma chance de melhorar as condições de vida e projetar um futuro melhor.E a quantidade de pessoas que decidirem deixar Cabo Verde poderá crescer.

Afalta de incentivos, o aumento do desemprego, o aumento do estilo de vida, a falta de oportunidades estão entre os fatores que podem levar a saída, de vários quadros do país.

Licenciados ou não, o problema continua a ser o mesmo. A falta de emprego e assim muitos acabam por almejam sair do país em busca de oportunidades no exterior.

Essa realidade, cada vez mais comum, pode se tornar um problema para a economia do país, defendem os empresários nacionais, quando foi anunciado o recrutamento de pessoal para o sector turístico para Portugal, recentemente.

Todavia, em reação a notícia da saída de motorista do país para o país europeu, muitos consideram a hipótese de sair, basta aparecer uma oportunidade.Desejo de morar fora.

“O salário aqui acaba sendo mais baixo e o custo de vida, muito alto. Todos os meses temos que contar tostões para poder pagar tudo. É casa, luz e água. A comida que está cada dia mais cara. Filhos, escola. São tantas coisas que se tiver oportunidade de ir, vou sim”, apontou uma internauta.

Para quem deseja começar uma nova vida no exterior, o planeamento é fundamental, e asseguram que quem quiser e puder ir, para aproveitar as oportunidades melhores que o país pode oferecer, no momento. “Uma boa solução para quem está sem emprego ou insatisfeito com o seu trabalho”.

Entretanto, tal como existe a empolgação as desconfianças também são muitas. Embora reconhecem que pode ser uma oportunidade, questionam também se não poderá ser pior, já que defendem que se o salário que pagam ali fosse bom, nenhum cabo-verdiano iria, sequer, encontrar uma vaga de trabalho em Portugal.

Outros vão mais longe ainda. “Escravidão volta para terra outra vez. Portugal tem vários jovens desempregados, porque que as vagas não são preenchidas”, questionam.  

Recentemente, o Centro de Emprego e Formação Profissional lançou divulgou um evento, que conta com o apoio do Emprego e Formação Profissional do país, sobre a contratação de mais profissionais, incluído na Iniciativa de Mobilidade e Empregabilidade Laboral Cabo Verde – Portugal 2022. 

E que nos dias 20 e 22 de outubro, respetivamente, a Praia (ilha de Santiago) e o Mindelo (Ilha de S. Vicente) recebem a Iniciativa de Mobilidade e Empregabilidade Laboral Cabo Verde – Portugal 2022. 

Um e evento pretende promover o contacto entre empregadores com atividade em Portugal e potenciais candidatos em Cabo Verde, que estão inscritos dos Centros de Emprego e Formação Profissional à procura de Emprego. A Iniciativa de Mobilidade e Empregabilidade Laboral Cabo V

erde – Portugal 2022 surge no quadro do acordo de mobilidade existente entre Portugal e os países da CPLP. 

Estas feiras de emprego darão seguimento à missão portuguesa que há poucos dias visitou Cabo Verde. Missão essa, composta por representantes da Organização Internacional das Migrações – OIM, o IEFP de Portugal, o Presidente da Região Turística do Algarve e Presidente da Associação de Hotéis do Algarve, dando conta de que precisam de mão-de-obra ligada ao turismo.

Para quem quiser procure um Centro de Emprego e faça a sua inscrição:-

CEFP da Praia – cefppraia@iefp.gov.cv; 261 82 36 – Rua CV Telecom Praia-

CEFP de Tarrafal de Santiago – cefptarrafalst@iefp.gov.cv, 352 63 12/266 19 11- CEFP do Fogo – cefpfogo@iefp.gov.cv; 281 33 48-

CEFP de Santa Catarina – cefpscatarina@iefp.gov.cv; 265 46 26-

CEFP de Variante – cefpvariante@iefp.gov.cv; 268 14 39 -356 82 24-

CEFP de Santa Cruz – cefpscruz@iefp.gov.cv; 269 17 62-

CEFP de São Vicente – cefpsvicente@iefp.gov.cv; 232 63 08 – 231 25 06-

CEFP de Ribeira Grande de Santiago – cefprgsantiago@iefp.gov.cv;

CEFP de Santo Antão – cefpsantao@iefp.gov.cv; 225 11 36- CEFP da Boa Vista –cefpboavista@iefp.gov.cv; 355 24 40- CEFP do Sal – cefpsal@iefp.gov.cv. 241 32 32- CEFP de São Nicolau – 235 22 83 – 938 56 31- 938 56 40

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.