São Vicente vence em quatro das cinco categorias da 3ª Edição da Taça de Cabo Verde de Culturismo e Fitness

25/09/2022 15:57 - Modificado em 25/09/2022 15:57
| Comentários fechados em São Vicente vence em quatro das cinco categorias da 3ª Edição da Taça de Cabo Verde de Culturismo e Fitness

Os atletas representantes da ilha de São Vicente conquistaram o primeiro lugar em quatro das cinco categorias em disputa na 3ª Edição da Taça de Cabo Verde de Culturismo e Fitness, que decorreu este sábado, 24 de setembro, na Academia Jotamont.

Admilson Gomes (Badis), natural da ilha de Santiago, residente em São Vicente e a “vestir as cores” da ilha, venceu o primeiro lugar no Bodibuilding ou fisiculturismo, dando inicio a um novo capitulo, que encerrou o ciclo de vitorias do bicampeão da categoria Jorge Duarte (Bana), natural de São Vicente.

Para este atleta, a conquista foi o realizar de um sonho. “Estava a procura deste titulo. Foram muitos os sacrificios e obstaculos , mas consegui”, apontou o atleta que recebeu um troféu indicativo à conquista, um cheque de 25 mil escudos, medalha e ainda suplementos.

No Men’s Physique, Álvaro Andrade, também de São Vicente, foi o vencedor avaliado na beleza nos conceitos de musculatura e perfil, definição corporal, músculos, não muito exagerados e apresentação em palco. Já na categoria Men’s Physique, Valdir Gomes, que foi vencedor da primeira edição do campeonato, voltou a recuperar o título, após perder perdido no ano passado.

No feminino as duas representantes de São Vicente, Elisângela Fortes, e Doris Correia foram as vencedoras nas respectivas categorias. Elisângela Fortes conquistou o troféu de campeã da categoria Wellness e Doris Correia venceu na categoria de Wellness Fitness, destinada a mulheres que preferem desenvolver um físico menos musculoso, pouco atlético e esteticamente agradável.

A organização do campeonato mostrou-se satisfeita com a prova e destacou o “desenvolvimento do fisiculturismo no País”, bem como “o empenho dos atletas que proporcionaram um grande espectáculo”.

O campeonato é financiado pelo Instituto do Desporto e da Juventude (IDJ), no âmbito do contrato de programa para o ano de 2022. A organização é partilhada entre a Federação Cabo-verdiana de Halterofilismo (FECAH) e a Associação Regional de Levantamento de Peso Olímpico de São Vicente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.