São Vicente/Ribeira de Vinha: Espaço que recebe feira agropecuária vandalizado e associação local espera por melhorias

19/09/2022 00:29 - Modificado em 19/09/2022 00:29
| Comentários fechados em São Vicente/Ribeira de Vinha: Espaço que recebe feira agropecuária vandalizado e associação local espera por melhorias

A Associação Comunitária de Ribeira de Vinha avançou que por várias vezes o espaço que acolhe a Feira de agropecuária naquela localidade foi vandalizado e vários materiais foram roubados, estando neste momento a Polícia Nacional a aguardar por decisão do Ministério Público. 

Em conversa ao Notícias do Norte, o presidente da Associação Comunitária de Ribeira de Vinha, João Maocha, avançou que estão esperançosos de que a feira de agropecuária vai retornar talvez no próximo ano.

No entanto, sublinhou que tem tido alguns entraves que preocupam a associação. “Há sempre esperança em trazer a feira novamente, mas acontece que o orçamento é alto e o retorno é pouco. A feira deixou de funcionar por falta de verba, por causa da pandemia e logo foi suspensa”, justificou.

Maocha reconhece que a feira é uma atividade muito importante para a comunidade, uma vez que conseguia trazer dinâmica em termos económicos ao local, através de turistas e de pessoas de vários pontos da ilha.

Vandalismo do espaço e falta de manutenção

Este responsável avançou que a este online que grande parte da vedação do espaço da feira foi vandalizada e que tanto os oradores como a PN não conseguiram apanhar os indivíduos em flagrante.

“Pela terceira vez apresentamos queixa à Polícia Nacional, mas as autoridades não conseguiram apanhar os indivíduos. Nomes dos supostos meliantes foram avançados a PN e este por sua vez aguarda por uma decisão do Ministério Publico”, explicou João Moacha que informou que a última queixa foi feita este ano, um dia depois do último assalto.

Chapas, grades, coberturas das barracas dos feirantes, foram os materiais roubados, para além de estragos provocados pelas chuvas. “A chuva também destruiu alguns materiais, principalmente os de madeira que estavam em espaços direcionados a feirantes do artesanato”, acrescentou.

João Maocha afirmou que o local precisa de muita manutenção para a realização desta atividade que acontece a cada primeiro domingo de cada mês.

Associação prepara-se para eleger novos corpos diretivos

Neste momento, o foco da associação é eleger novos membros para dar seguimento às atividades.

“Estamos em processo de marcar uma nova assembleia para eleger novos corpos sociais” disse o responsável que adiantou ainda que neste momento a agremiação tem uma comissão de gestão a trabalhar para criar condições técnicas e financeiras para fazer uma assembleia.

“Sem corpos sociais a associação não tem condições para desenvolver qualquer projeto”, sublinhou.

Recorde-se que a última edição (33ª) da Feira Agropecuária de Ribeira de Vinha foi realizada em 2018.  

Para além de ser uma oportunidade de mostrar o que se faz em Ribeira de Vinha nos setores de agricultura e pecuária, nas edições anteriores a feira conseguiu sensibilizar a população através do teatro que retrata os males da sociedade, como drogas, alcoolismo, gravidez precoce, entre outras questões sensíveis.

AC – Estagiária

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.