Manuais do EBO a ES vão ser financiados pelo Banco Mundial até 2026

6/09/2022 16:37 - Modificado em 6/09/2022 16:38
| Comentários fechados em Manuais do EBO a ES vão ser financiados pelo Banco Mundial até 2026

Cabo Verde vai ter os manuais do Ensino Básico Obrigatório (EBO) ao Ensino Secundário (ES) financiados pelo Banco Mundial em 2026, disse o diretor nacional de Educação, garantindo que os do 1º a 8º anos já estão nas livrarias.

“Os manuais do 1º a 8º já estão nas livrarias e, sobretudo, nos Correios para que possa chegar a todos os concelhos. Os de 9º ano estão em fase de edição, o concurso já foi lançado, tem procedimentos a serem respeitados, mas contamos tê-los prontos em meados do mês de maio”, afirmou Adriano Moreno.

Ainda segundo o diretor nacional da Educação, o mesmo acontecerá com o manual de 10º ano, em que os programas estão sendo experimentados e os professores vão dando ‘feedback’ para poder haver um programa homologado e com isso dar-se o passo seguinte que é homologar o manual.

“Vamos seguir este processo com todos os anos que faltam até ao 12º ano. Se seguirmos isto, estamos esperançosos que em 2026 teremos os manuais cabo-verdianos que servem os nossos currículos do 1º ao 12º anos editados”, assegurou.

Enquanto isso não acontecer, realçou que os alunos do secundário vão continuar a adoptar as mesmas estratégias que vinham sendo seguidas com os manuais portugueses que serão adaptados para a realidade cabo-verdiana.

“Nas reuniões de coordenação e concelhia vamos dando ferramentas e opções para os professores poderem continuar a dar todo o suporte aos alunos”, acrescentou, informando que os projetos estão a ser financiados pelo Banco Mundial.

Conforme Adriano Moreno, a reforma educativa está sendo trabalhada como todos os seus pilares: a revisão da matriz curricular, os manuais, infraestruturas e a formação contínua dos professores.

Neste âmbito, sublinhou, que o Ministério da Educação está a trabalhar, para nos próximos anos, diminuir o rácio nas salas de aula, que neste momento é de 25 para o EBO e 30 para o ES.

A mobilização de um financiamento, junto do Banco Mundial, para o Ministério da Educação vai servir para sustentar a reforma do ensino no referente à montagem de equipamentos dos laboratórios, principalmente os de tecnologias, para elaborar manuais do 1º ao 12º anos de escolaridade e ainda para custear a formação contínua dos professores.

Inforpress/NN

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.