Covid-19: Cabo Verde sem casos de infecção nas últimas 24 horas

5/09/2022 22:13 - Modificado em 5/09/2022 22:13
| Comentários fechados em Covid-19: Cabo Verde sem casos de infecção nas últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas, as atoridades sanitárias não notificaram nenhum caso positivo de covid-19 em Cabo Verde, num universo de 262 amostras analisadas nos laboratórios de virologia do país.

De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde registou-se também, nas últimas 24 horas, mais quatro recuperados da doença, sendo dois em São Filipe, um na Ribeira Brava de São Nicolau e um em Boa Vista.

Com estas actualizações, Cabo Verde passa a contabilizar 16 casos activos, 61.847 casos recuperados, 410 óbitos, 46 óbitos por outras causas e nove transferidos, perfazendo um total acumulado de 62.328 casos positivos.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, nos últimos 14 dias, ou seja, de 22 de Agosto a 4 de Setembro, foi analisado um total de 6.942 amostras, uma média de 496 amostras por dia, sendo identificado um total de 40 casos novos.

Assim, a taxa de incidência acumulada a nível nacional, neste período, é de 7 por 100 mil habitantes, a taxa de transmissibilidade (Rt) de 0,87 e a taxa de positividade de 0,6%.

A mesma nota refere ainda que até 04 de Setembro, Cabo Verde já utilizou 781.868 cerca de 71,2% das doses de vacinas contra a covid-19, tendo 320.890 (98,5%) adultos tomado a primeira dose, 280.374 (86%) de adultos com vacinação completa e um total de 120.422 (37%) já com a dose de reforço.

Em relação aos adolescentes, um total de 47.194 (87,8%) já tomou a primeira dose e 39.915 (74,2%) já estão completamente vacinados.

No sentido de mitigar as consequências da pandemia da covid-19 em Cabo Verde, o Ministério da Saúde apela às pessoas para que adiram à campanha de vacinação contra a doença que está a decorrer em todo o país, para que todos possam estar protegidos o mais rápido possível.

Reforça ainda a utilização de máscaras faciais principalmente em qualquer espaço interior ou fechado, apesar de ser obrigatório apenas em estabelecimentos e infraestruturas de saúde públicas e privadas, centros de dia e lares de idosos públicos ou privados, estabelecimentos prisionais e transportes coletivos de passageiros terrestres, aéreos e marítimos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.