Dia da Diplomacia Cabo-verdiana passa a ser assinalado anualmente a 16 de setembro

11/08/2022 17:17 - Modificado em 11/08/2022 17:18
| Comentários fechados em Dia da Diplomacia Cabo-verdiana passa a ser assinalado anualmente a 16 de setembro

O Governo instituiu o dia 16 de agosto como o Dia da Diplomacia Cabo-verdiana, data que marca a aceitação de Cabo Verde como membro da ONU, para homenagear a diplomacia e os diplomatas cabo-verdianos.

Esta informação consta da resolução número 80/2022 publicado do Boletim Oficial de quarta-feira, 10.

Com a institucionalização desde dia, o Governo realça a importância da diplomacia cabo-verdiana, alinhada com os valores da paz, do Estado de Direito, da democracia, da liberdade, do respeito pelos direitos humanos e do multilateralismo, na busca se soluções conjuntas para os desafios do mundo global.

“Assim, a diplomacia cabo-verdiana deve estar à altura dos exigentes desafios presentes nas relações internacionais, primando por ser um interlocutor útil e oportuno para o diálogo, a tolerância e o convívio harmonioso entre as nações na aldeia global, contribuindo, deste modo, para aumentar a notoriedade do País e promover a imagem externa”, lê-se no documento.

Pois, o Governo considera ser justo reconhecer o trabalho da diplomacia e dos diplomatas cabo-verdianos que avalia como determinantes na “afirmação de vários momentos decisivos que marcam indelevelmente” a história do País, nomeadamente a admissão de Cabo Verde na organização das Nações Unidas (ONU), a 16 de Setembro de 1975, data escolhida para dedicar este dia nacional.

Além deste marco, apontou, de entre outros, a adesão de Cabo Verde à Comunidade Económica dos Estados da áfrica Ocidental (CEDEAO), a negociação do acordo de parceria especial entre Cabo Verde e a união europeia, a graduação de Cabo Verde a país de rendimento médio, e a mobilização de recursos externos para mitigar os efeitos provocados pela actual conjuntura internacional.

Daí que o propósito da institucionalização desde dia, de acordo com a mesma fonte, é reconhecer e enaltecer o papel da diplomacia e dos diplomatas cabo-verdianos em prol da credibilidade externa e do desenvolvimento do País e estimular debates e reflexões temáticas no domínio da política externa.

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.