Basquetebol/Qualificação Mundial’ 2023: Cabo Verde quer Edy Tavares nos jogos de Abidjan

10/08/2022 14:09 - Modificado em 10/08/2022 14:09
| Comentários fechados em Basquetebol/Qualificação Mundial’ 2023: Cabo Verde quer Edy Tavares nos jogos de Abidjan

O selecionador de Cabo Verde de basquetebol está a contar com os serviços do gigante Edy Walter Tavares, atleta do Real Madrid (Espanha) tanto na janela de qualificação em Abidjan como nos dois amistosos no Senegal.

Emanuel Trovoada está convicto de que Cabo Verde possa contar com Edy Tavares, o MVP do Real Madrid, por entender que “a lei da FIBA é igual para todos e que assim como vai o Edy vão aos jogadores da seleção espanhola e do Real que jogam na selecção sueca. A FIBA negociou global para que estes jogadores nesta próxima janela pudessem estar todos a participar.

As datas para dispensarem os atletas internacionais vão de 14 a 22 do corrente, explicou Mané, nome como é conhecido este seleccionador nas lides desportivas, para alertar que “há clubes que, provavelmente vão libertar os seus jogadores a 22, porque gostam de controlar, no início da época, os seus jogadores”.

“Há outros como o Benfica e o Porto, tivemos boa relação e vão libertar os jogadores a 14. Isto é muito bom para nós”, asseverou Trovoada, argumentando, entretanto que não acredita que esta lei vigora em toda as janelas, já que “por ser uma competição diferente, a Euroliga, que em nada tem a ver com a FIBA, por ser um rival da FIBA”, torna-se mais fácil libertar os jogadores.

Emanuel Trovoada revelou que estas negociações para liberar os jogadores nestas janelas foram acertadas porque “ainda não arrancou a Euroliga”, pois está consciente de que “na próxima janela, dificilmente os jogadores que estão na Euroliga e a competir nestas competições, na Eurocup estarão presentes”.

Por isto, Mané quer focar “nesta janela e não na próxima, para poder contar com Edy Tavares e resolver agora a qualificação nos três jogos importantes”, sabendo que “ganhando os três jogos, Cabo Verde qualifica-se à primeira para o Mundial”.

“Nós sabemos a nossa realidade e temos de agarrar esta. Esta é a nossa oportunidade. Ele [Edy] vai estar connosco agora, temos de tirar o máximo rendimento possível para neste momento podermos constituir os nossos objectivos”, esclareceu Trovoada, que conta ter o gigante cabo-verdiano já nos dois amistosos com o Senegal.

A selecção cabo-verdiana de basquetebol prepara-se na Cidade da Praia para as próximas duas janelas dos jogos de qualificação que irão decorrer de 26 a 28 de Agosto de 2022 e 24 a 25 de Fevereiro de 2023.

Cabo Verde pertence ao grupo E, constituído por seis equipas, onde ocupa o segundo lugar. Os jogos a serem disputados em Agosto próximo serão contra Guiné Conacri, a 26 do corrente, Angola a 27, e Costa de Marfim a 28, todos no Palácio dos Desportos de Treichville em Abidjan (Costa do Marfim).

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.