IMP apela a uma maior prudência de banhistas e praticantes de pesca nesta temporada balneária

8/08/2022 17:36 - Modificado em 8/08/2022 17:36
| Comentários fechados em IMP apela a uma maior prudência de banhistas e praticantes de pesca nesta temporada balneária

O Instituto Marítimo Portuário – IMP, através das Capitanias dos Portos de Barlavento e Sotavento, em comunicado, chama atenção do comportamento das pessoas que frequentam as praias e praticantes de pesca de lazer para se evitarem situações que colocam em perigo a própria vida.

Na sequência das recentes ocorrências nas praias nacionais, que resultaram em mortes por afogamento, o IMP volta a chamar a atenção aos riscos a que as pessoas estão sujeitas.

“Nestes momentos, impõe-se uma reflexão mais profunda sobre o nosso comportamento relativamente ao mar, pelo que reforçamos o nosso apelo aos utilizadores das praias nacionais no sentido de uma maior prudência…”, refere o documento.

É neste sentido que o instituto pede que sejam respeitadas as recomendações de segurança das autoridades, as indicações dos nadadores salvadores e as instruções da Polícia Marítima, bem como as orientações das placas sinaléticas nas praias.

“Por razões de segurança, deve-se evitar o uso de praias não vigiadas ou caracterizadas como não balneares e/ou perigosas”, indicou. 

Alerta ainda aos praticantes de pesca de lazer no sentido de se precaver na prática da atividade, utilizando equipamentos de proteção e segurança como coletes e bóias, evitando pescarias em zonas de difícil acesso, sem rede de comunicação e, principalmente, em zonas de mar muito agitado.

O IMP volta a destacar que “a segurança balnear é uma responsabilidade de todos e de cada um em particular, pelo que insta a todos a ter uma atenção redobrada neste período de maior afluência às praias balneares”.

O comunicado do IMP refere que neste domingo, 7 de agosto, quatro pessoas perderam a vida nas praias, uma na cidade da Praia e uma no Sal.

Em menos de um mês já foram registados oito óbitos nas praias do país. A cidade da Praia registou sete desses oito casos mortais.

AC – Estagiária

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.