Jovem quer reunir condições para realizar seu sonho: um mini spa para elevar a autoestima das mulheres

10/07/2022 22:43 - Modificado em 10/07/2022 22:43
| Comentários fechados em Jovem quer reunir condições para realizar seu sonho: um mini spa para elevar a autoestima das mulheres

Aos 29 anos de idade, Chrislene Martins sonha em ter um negócio dos sonhos com a criação do seu mini spa para elevar a autoestima das mulheres e também para o sustento da sua família. Um processo que diz estar em andamento e que brevemente espera através de terceiros levar a sua ideia adiante. 

Encontrar um emprego para o sustento da família nunca foi tão fácil para Chrislene Martins que num primeiro momento viu-se também obrigada a criar o próprio negócio, após ter-lhe sido negada emprego em vários pontos da ilha.

“Após ficar desempregada, um familiar me sugeriu fazer uma formação. E eu simplesmente nem soube escolher uma formação porque eu não sabia fazer muita coisa. Lembrei que gostava de cuidar de unhas, mas eu não sabia pintar e tudo o que diz respeito a essa parte”, contou Chrislene Martins.

Entre “borrões e falta de jeito”, a empreendedora resolveu arriscar e participar de uma primeira formação de manicure e pedicure que tinha a duração de quatro dias, sempre na dúvida de que esse tempo seria insuficiente para aprender muita coisa.

Com o termino da formação resolveu que ficaria mais tempo junto da formadora para no final ouvir o que desejava ouvir: “já estás preparada para abrir o próprio negócio”. Diante das palavras decidiu que seria o momento para se avançar com o seu primeiro espaço para cuidados dos pés e das mãos.

Para a jovem as épocas altas geram bons resultados, principalmente no verão na época natalícia e outros momentos pontuais, com montantes como 90 ou até em um mês. 

“Comecei a ganhar algum dinheiro para comprar os equipamentos e utensílios e que também contei com o apoio de familiares no estrangeiro”, disse a jovem que acrescentou que devido a pouca divulgação do seu trabalho os clientes era número bem reduzido.

“Kika Glamour” é assim o nome a sua fonte de sustento que depois de algum tempo passou a fixar-se na sua residência em Ribeirinha. Hoje os clientes são vários e o seu amor pela atividade a cada dia cresce e logo a vontade de fazer as coisas acontecerem é cada dia maior.

“Quero ir muito mais além. Abrir um mini spa onde se pode encontrar tudo da área da beleza, que inclui um cabeleireiro, maquiagem, depilação, massagem, entre outros”, enumerou esta empreendedora que diz querer proporcionar as mulheres tudo o que lhes fazem se sentir bem consigo mesmas.

“Investir mais” é o que falta para a jovem levar adiante a ideia e que neste momento já tem em andamento todo o processo que permite fazer um empréstimo para iniciar esta atividade em alta. Espera mais adiante ter respostas positivas.

Cuidar da beleza da mulher é a intenção desta jovem que diz notar que a reação de uma cliente é sempre diferente depois de cada cuidado com as unhas. “A mulher chega sempre de cabiz baixo, mas quando é dado uma especial atenção as suas unhas e o resultado é satisfatório, a autoestima eleva-se”, ressaltou.

Ouvir sempre a frase “que eu faço o dia delas mágicas”, é mais uma motivação avassaladora de que vale a pena o esforço que Chrislene Martins tenta colocar no seu trabalho e que seguir lutando vai “transformar a minha vida e melhorar a autoestima da mulherada”.

Com este trabalho, esta jovem admite que a “paciência” passou a fazer parte da sua rotina, algo que era difícil de ter no seu dia a dia, para além de entender que a empatia é sempre boa.

“Muitas vezes se coloca conversa em dia com os clientes e sempre em jeito de desabafo por parte das mulheres acabo por entender os meus problemas diante daqueles de outras pessoas não é nada”, confessou.

AC – Estagiária

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.