“Nós somos campeões”: Adeptos eufóricos recebem Académica do Mindelo no Aeroporto Cesária Évora- Vídeo

10/07/2022 19:04 - Modificado em 10/07/2022 19:04
| Comentários fechados em “Nós somos campeões”: Adeptos eufóricos recebem Académica do Mindelo no Aeroporto Cesária Évora- Vídeo

Dezenas de adeptos deslocaram-se na manhã deste domingo, 10 de julho, para receberem no Aeroporto Cesária Évora, em São Vicente, os novos campeões nacionais de futebol. Título conquistado este sábado, 09, frente ao Palmeira do Sal, após vitória por 1-0.

Os jogadores foram recebidos ao som da batucada e buzina dos carros estacionados à frente do aeroporto, que os aguardava ansiosos. O avião aterrou às 10:35 e quando saíram da sala de embarque, o troféu foi entregue ao jogador Mamucha, que os aguardava expectante para celebrar a conquista. Ele que não pode ir devido a lesão na primeira mão das meias finais. Ao lado estavam outros jogadores, entre os quais Darrin, que não jogou devido a castigo.

A euforia continuou com a chegada dos protagonistas. O capitão Maniche, Tchukin, Dery, Tony, Dany, Gogol, Valdir, Piduca, Djack, Pecky, Mica, Lela, Dy Maldini, Zazu, Alex, Pol, Rodrigo e Torrod, foram imediatamente “engolidos” pelos adeptos que os esperavam afoitos.

Na rua, após alguns minutos de expectativa, após alguns minutos no recinto à espera, os adeptos puderam finalmente fazer a festa junto da equipa, ao som do Micá, Micá, Micá e de muita batucada, para mostrarem a sua satisfação e alegria na conquista deste título e cujas palavras foram poucas para descrever o sentimento, como é o caso de Jorge Monteiro.

“Estou tão feliz, que estou a chorar de emoção, porque desde de 2016, que era dirigente da Académica do Mindelo, o Sporting da Praia nos tirou a chance de sermos campeões. Por isso é para vingar aquilo que perdemos naquela altura”, afirmou emocionado o sexagenário.

Para Luís Graça, a emoção é indescritível e a presença dos adeptos para a recepção da Micá foi para mostrar a satisfação de fazerem parte desta equipa, a melhor de Cabo Verde. “Uma emoção maravilhosa. A Acadêmica deu um espetáculo de futebol, então é com enorme satisfação que viemos receber o nosso clube para mostrar realmente que ele foi melhor”, salientou. 

Para os jogadores, embora estivessem à espera de uma boa recepção ficaram surpreendidos com a festa no aeroporto. “Estávamos à espera de uma recepção, mas não de tanta gente e ficamos felizes com este gesto”, referiu o capitão Maniche, feliz por dar esta alegria ao povo de São Vicente. 

Dery e Gogol também mostraram-se felizes com a recepção. “Fomos determinados a trazer a taça para São Vicente. E como os adeptos não puderam viajar para assistir ao jogo, acreditamos que estariam aqui para nos receberem da melhor forma”.

Já o treinador Carlos Machado, de poucas palavras, sintetizou o feito afirmando que a Académica estava adormecida, mas acordou e que espera que continue assim. “Espero que fique acordado por muitos anos.

O presidente do clube, também emocionado, apenas garantiu que esta é a recompensa pelo trabalho feito desde de início de época. “Esta conquista é a cereja em cima do bolo”, vincou este dirigente, feliz pelo apoio dos adeptos que sempre os acompanhou. “Sabem perfeitamente o que valemos e o empenho que tivemos neste campeonato”.

Ao som da batucada, muitos abraços e beijos, o plantel ergueu a taça perante o seu público que se deslocou ao Aeroporto Cesária Évora.

EC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.