Primeira edição da Taça Futsal de Santo Antão quer dar mais visibilidade à modalidade na ilha

7/07/2022 16:50 - Modificado em 7/07/2022 16:51
| Comentários fechados em Primeira edição da Taça Futsal de Santo Antão quer dar mais visibilidade à modalidade na ilha

A Taça Futsal Santo Antão que está a ser organizada pela primeira vez na ilha, já conta com 28 equipas incritos de várias localidades dos três concelhos, para a competição que arranca no dia 13 de julho, na cidade do Porto Novo. O objetivo desta competição, visa dar mais visibilidade à modalidade.

Em entrevista ao Notícias do Norte, o organizador deste evento desportivo, Rildo Tavares, avançou que este será uma “festa de futsal” que pretende dar mais destaque a esta modalidade, tendo em conta que é aquela com mais praticantes e mais público em Santo Antão.

“É uma modalidade que tem maior domínio na ilha quando comparado com as outras modalidades”, afirmou.

Nesta primeira edição, segundo Tavares, a intenção é realizar este evento no concelho de Porto Novo, porque, justificou, os outros dois concelhos não têm condições em termos de infraestruturas preparadas para acolher este grande evento desportivo.

Indicou ainda que o início desta competição está previsto para o dia 13 deste mês e a data da final, que é em agosto, ainda está por definir, visto que vai haver campeonato de futsal feminino onde “as meninas da bola vão poder ter a oportunidade de competir”.  Até esta quinta-feira inscreveram-se 28 equipas, quando o máximo seria 32.

A competição será feita por eliminatórias. Relativamente ao campeonato feminino de futsal, nesta edição a organização optou por abranger somente o concelho de Porto Novo com a presença de 6 equipas locais. “Mais adiante pretendem organizar a taça de futsal feminino de Santo Antão e a copa de futsal feminino de Porto Novo”, avançou este organizador.

Problemática do transporte

Visto que a ilha é vasta, a questão do transporte de equipas é a maior preocupação da organização.

“Se não houvesse o problema de transporte, talvez haveria um número elevado de equipas a participar, pois existe na ilha mais de uma centena de equipas de futsal”, lamentou Rildo Tavares, acrescentando que a maioria das equipas têm vindo a queixar-se desse problema de transporte.

A mesma fonte garante que não há condições para a organização acatar com a despesa de transportes das equipas e que vai participar quem conseguir resolver este problema.

Visto que, “em Santo Antão se vive o futsal”, a organização quer demonstrar uma vez mais que é possível realizar competições a nível da ilha.

“A partir do momento que assumimos a organização deste evento desportivo que é o futsal tentamos sempre criar novas competições. Já fizemos várias competições, mas infelizmente com a pandemia tivemos uma paragem de 2 anos”, disse este responsável que avançou ainda que a partir do próximo ano querem “arrancar com tudo”, sobretudo se a modalidade foi oficializada

AC – Estagiária

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.