Responsáveis pela morte do cabo-verdiano na Itália condenados à prisão perpétua

4/07/2022 23:33 - Modificado em 4/07/2022 23:33
| Comentários fechados em Responsáveis pela morte do cabo-verdiano na Itália condenados à prisão perpétua

Em Setembro de 2020, os irmãos Marco e Gabriel Bianchi foram condenados à prisão perpétua pelo assassinato do cabo-verdianos  Willy Montero Duarte em Colferro. Os juízes do tribunal de Frosinone condenaram Francesco Belgia a 23 anos e Mário Pincarelli a 21 anos. Um pagamento provisório de 200.000 euros cada um para os pais de Willy e 150.000 euros para sua irmã foi providenciado.

Filho de imigrantes de Cabo Verde, mas nascido em Roma, Duarte era estudante de hotelaria e trabalhava como ajudante de cozinha em um hotel em Artena, vizinha a Colleferro.  

Na madrugada entre 5 e 6 de Setembro, tentou apartar uma briga envolvendo um amigo e foi espancado até a morte por um grupo de italianos. Segundo testemunhas, alguns dos agressores até pularam sobre o corpo inerte do jovem.  

Após a leitura da sentença os aplausos estouraram no tribunal, conforme noticia a imprensa italiana. “É uma sentença justa”. Assim Armando, pai de Willy Ele e seus advogados, Vincenzo Galassi e Domenico Mursi, foram condenados pelos quatro de Ordina. “Uma sentença irrepreensível de acordo com as decisões do procurador – dois advogados – lêem as páginas do tribunal com absoluto rigor, e reconhecem a qualidade da ação investigativa inicial das forças policiais”, disse.

“Era o que esperávamos em relação ao trabalho realizado, mas sabemos que o julgamento então se presta a variáveis, e a verdade tem contexto e nuances que levam a uma avaliação diferente”. O advogado de Velletri, Giovanni Tagliatela, comentou a decisão dos juízes do tribunal de Frosinone. “No entanto, as provas que produzimos são, em nossa opinião, inteiramente suficientes e justificáveis para ouvir o que pedimos”, concluiu.

Após a sentença, os réus na cabine de segurança gritaram e xingaram depois que os oficiais da prisão os levaram embora. “Esta é uma investigação da mídia. Ela desafia todos os princípios lógicos. Vamos ler as razões e apelar. Estamos sem palavras.” Massimiliano Pica, guardião dos irmãos Bianchi, foi condenado à prisão perpétua por ordem do juiz de primeira instância. Na platéia, muitos amigos de Willie assistiam, balançando.

Ainda cabe recurso, mas a sentença foi recebida com aplausos das pessoas que acompanhavam o julgamento, incluindo amigos da vítima. “É uma sentença justa”, afirmou Armando Duarte, pai do jovem assassinado.

Isto é

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.