INE deverá publicar até ao final deste ano dados atualizados sobre a pobreza no país

29/06/2022 12:39 - Modificado em 29/06/2022 12:40
| Comentários fechados em INE deverá publicar até ao final deste ano dados atualizados sobre a pobreza no país


O Instituto Nacional de Estatística deverá publicar até ao final deste ano dados atualizados sobre a pobreza no país. É esta a meta traçada pelo novo presidente do INE que foi empossado ontem, terça-feira, no cargo pelo Vice-primeiro ministro e ministro das finanças, Olavo Correia.  

“Pensamos até ao final do ano termos estes dados sobre a pobreza no país”, avançou João Cardoso.
Este novo presidente do INE, que já foi diretor de contas nacionais, já tem traçada algumas prioridades no que diz respeito à produção de dados estatísticos.

Entre as prioridades está o 4º inquérito das despesas e receitas das famílias, que considera ser de extrema importância para as famílias e será a prioridade da instituição este ano. Estão ainda em andamento a elaboração da END 2022/2026, o masterdata e consolidação da plataforma única de recolha de dados online. 

No plano interno, o novo presidente do INE promete melhorar o relacionamento do conselho diretivo com os trabalhadores. João Cardoso pretende implementar os novos estatutos do instituto recentemente aprovados, resolvendo de forma faseada as reivindicações dos colaboradores.

“Os estatutos têm de garantir que as pessoas progridem e façam mais formações. Os estatutos têm que ter esta perspetiva de fazer com que a instituição cresça”, apontou.

O novo presidente do INE quer também apostar nas novas tecnologias de comunicação e informação para acelerar a produção de dados estatísticos.

Durante a cerimónia de empossamento, o ministro das finanças conferiu posse aos novos membros do Conselho Diretivo do INE composto pelo presidente João de Pina Cardoso, Fernando Rocha, Vice-Presidente, e Anny Sanches, Vogal.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.