São Vicente: Comunidade Terapêutica de Ribeira de Vinha inaugurada em Julho – ministro da saúde

17/06/2022 00:43 - Modificado em 17/06/2022 00:44
| Comentários fechados em São Vicente: Comunidade Terapêutica de Ribeira de Vinha inaugurada em Julho – ministro da saúde

O ministro da Saúde anunciou hoje, no Mindelo, que as infra-estruturas da Comunidade Terapêutica de Ribeira de Vinha deverão ser inauguradas até finais do mês de Julho, servindo de referência para a região africana.

Arlindo do Rosário falava à imprensa na sequência de uma visita feita ao centro terapêutico, no Mindelo, que deverá receber pacientes dependentes de álcool, drogas e ainda com transtornos mentais e assegurou que até ao final do próximo mês as obras deverão estar terminadas e prontas para a inauguração.

O governante informou que a infra-estrutura, em São Vicente, vai trabalhar nos mesmos moldes que a Granja de São Filipe, na Cidade da Praia, com utentes dos dois sexos e utilizando o chamado método de Minnesota.

“Permite o internamento num período relativamente longo, de seis a oito meses, para tratamento e depois reinserção social de quem estiver ali a ser tratado”, sublinhou a mesma fonte, para quem São Vicente vai ter um “grande centro e, sem dúvida, uma referência para a região africana”.

A equipa que trabalhará na instituição já está, conforme o ministro, constituída e a receber formação no método Minnesota, o que permitirá arrancar o funcionamento logo na inauguração.

Arlindo do Rosário visitou também na manhã de hoje o Centro Ambulatorial em construção no Hospital Baptista de Sousa, que disse estar num “excelente ritmo” para ser concluído até mês de Novembro.

“A perspectiva é termos nos próximos anos um grande centro hospitalar da região norte de Cabo Verde”, afiançou, apontando as valências da infra-estrutura, entre as quais de permitir “grandes cirurgias”.

O ministro da Saúde referiu-se ainda a outras obras em carteira para a ilha de São Vicente, nomeadamente o bloco de maternidade que conta com financiamento do Governo chinês, e cujo projecto de arquitectura já está “em estado avançado” e as obras devem arrancar ainda este ano.

“Estamos a criar capacidade de resposta a nível hospitalar não só para São Vicente, mas para toda a região norte”, assegurou.

Por outro lado, Arlindo do Rosário disse que o Governo está a trabalhar para o reforço dos cuidados primários, em São Vicente, sendo que a Delegacia de Saúde, que recebeu “diversos equipamentos”, está a transformar-se em centro de diagnóstico, permitindo “aliviar” a demanda para o hospital central.

Neste quesito de cuidados primários, também, segundo a mesma fonte, já foi enviado à Infra-estruturas de Cabo Verde (ICV) o projecto para arranque das obras do tão falado centro de saúde da zona de Monte Sossego e cujo terreno vai ser visitado pelo ministro na tarde de hoje.

“O financiamento está garantido, o espaço existe e vamos avançar com o processo”, reiterou.

Confrontado pela imprensa, o governante falou ainda sobre a questão dos enfermeiros, que dizem ter neste momento contratos temporários, mas, que “vêm sendo renovados porque a pandemia ainda não passou”, mas, que “deverão ser recrutados conforme disponibilidade” e ainda apostando na formação.

Arlindo do Rosário esteve na manhã de hoje reunido com a direcção do Hospital Baptista de Sousa, e de seguida visitou as obras do Centro Ambulatorial, da Comunidade Terapêutica de Ribeira de Vinha. Incluiu-se ainda na deslocação os postos sanitários de Calhau, São Pedro e Salamansa e logo à tarde o terreno do futuro centro de Monte Sossego.

O ministro desloca-se esta sexta-feira a Santo Antão.

Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.