Moradores da localidade de Espia/Cabo de Ribera voltam a chamar atenção para às dificuldades da zona

19/05/2022 00:22 - Modificado em 19/05/2022 00:22
| Comentários fechados em Moradores da localidade de Espia/Cabo de Ribera voltam a chamar atenção para às dificuldades da zona

Iluminação pública, calcetamento e saneamento continuam a ser alguns dos problemas que a população da localidade de Espia/Cabo de Ribeira acusa a edilidade local de não dar a devida atenção. Indignados, acusam o edil Augusto Neves de não cumprir com as promessas de campanha.

António Ramos morador desta localidade, em jeito de desabafo, demonstrou-se  preocupado com a má colocação dos postos de eletricidade. Segundo o mesmo, alguns deles se encontram junto às moradias, o que pode servir de escada para os ladrões. Justificando que tal situação põe em perigo a segurança da população da zona. 

Reclama, ainda, que desde o tempo das eleições autárquicas que esperam pela colocação das lâmpadas nos referidos postos, até então nada. Acusa o edil Augusto Neves de não cumprir com as promessas feitas em campanha.

Suely, também moradora, diz entender que a Autarquia local nem sempre consegue dar conta dos problemas de todas as localidades, tendo em conta a realidade da ilha, contudo cobra da edilidade uma atenção especial à zona em questão. Nomeadamente no melhoramento das condições habitacionais dos moradores das casas de latas, alegando serem pessoas que sofrem muito com a chegada das chuvas e solicita também atenção a problemática dos cães vadios no local.

Dirce Dias por sua vez apelou que seja resolvida a questão de saneamento na zona, segundo diz, a falta de água na rede é bastante sentida.

Titino Fonseca também residente, por seu turno, exige que seja resolvido o problema da iluminação pública na zona e a ligação à referida localidade está completamente isolada.

Abandonada pela autarquia local, tanto em termos de iluminação de rua, consequência da falta de postes de iluminação, e os que existem, algumas com lâmpadas quebradas. As fossas de esgotos, dizem, não estão ligadas a rede de saneamento. “Estamos completamente abandonados”.

Contamos trazer o parecer desta instituição face a esta situação numa próxima edição.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.