Morte dos cavalos na ilha do Fogo: Governo anuncia para breve a realização de controlo antidoping em competições e eventos

2/05/2022 23:19 - Modificado em 2/05/2022 23:19
| Comentários fechados em Morte dos cavalos na ilha do Fogo: Governo anuncia para breve a realização de controlo antidoping em competições e eventos

Tendo em conta o caso da morte de três cavalos, na ilha do Fogo no âmbito das festividades da Bandeira de São Filipe, Fogo, a Organização Nacional Antidopagem de Cabo Verde (ONAD-CV), diz que a investigação deste caso ultrapassa o estrito âmbito das suas competências, podendo eventualmente haver responsabilidade criminal.

A organização responsável pela luta contra a dopagem no desporto no nosso país avançou em comunicado de imprensa que vem acompanhando o caso e garantiu que tem estado em permanente contacto com as autoridades competentes no sentido de perceber a possibilidade de averiguação das causas da morte dos cavalos.

Sobre uma eventual responsabilização pelo acontecido, a organização lembra que o país, até agora, não possui uma federação de hipismo no país, que enforme e formalize as competições, estando as provas equestres circunscritas somente às associações regionais, aos municípios e entusiastas da modalidade.

Neste sentido, sublinhou que esta ausência faz com que Cabo Verde ainda não esteja filiado na Federação Equestre Internacional (FEI), no sentido de aderir ao Código de Conduta da FEI, além de reconhecer e aceitar que o bem-estar do cavalo é de fundamental importância, e não deve nunca estar subordinado a influências comerciais ou competitivas.

“O regime jurídico da luta contra a dopagem no desporto em Cabo Verde regulamenta a organização de eventos ou competições desportivas no país. Assim, de acordo com o artigo 4º, no seu no 1, a licença ou autorização necessárias à realização de um evento ou competições desportivas apenas podem ser concedidas quando o respetivo regulamento federativo ou entidade organizadora do evento exija o controlo de dopagem, nos termos definidos pela ONAD-CV”, sustentou.

Por este motivo, e por forma a assegurar a integridade do Desporto e o direito de participar numa competição livre de dopagem, bem como, dissuadir as práticas lesivas aos valores que enformam o desporto limpo, justo e saudável, garantiu que o governo está fortemente empenhado em criar todas as condições humanas, técnicas e financeiras necessárias para que, muito brevemente, seja possível realizar controlos de dopagem em competições e eventos, oficiais e não oficiais, mas também fora das competições.

Refere ainda que estão igualmente a ser criadas as condições para se proceder ao registo de todos os cavalos que participam em competições ou eventos em Cabo Verde.

“A materialização do controlo de dopagem nos animais, a breve trecho, servirá para proteger o desporto limpo, a verdade desportiva e, especialmente, a vida, a saúde e a integridade dos animais”, concluiu.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.