A partir desta segunda-feira, Cabo Verde vai remover barcos de pesca abandonados em todo o país

1/05/2022 22:02 - Modificado em 2/05/2022 10:29
| Comentários fechados em A partir desta segunda-feira, Cabo Verde vai remover barcos de pesca abandonados em todo o país

As autoridades iniciam na segunda-feira, 02 de maio, a remoção dos barcos de pesca abandonados em praias e cais de todo o país, admitindo recuperar os que estiverem em condições para serem restituídos às comunidades piscatórias.

Esta iniciativa visa, conforme o Ministério do Mar, por um lado evitar perigos na navegação, riscos à saúde pública e ao meio ambiente, vazamento de resíduos oleosos e outras substâncias, e por outro lado, a reparação das embarcações que sejam ainda recuperáveis, e restituí-las às comunidades piscatórias.

Cabo Verde contava no final de 2021 com 3.125 pescadores artesanais e 1.881 vendedores de peixe, além de 1.434 barcos artesanais a motor e 127 embarcações de pesca industriais e semi-industriais, de acordo com os dados ainda provisórios do V Recenseamento Geral das Pescas, que decorreu de 22 de Novembro a 07 de Dezembro de 2021.

O arquipélago contava no mesmo período com 1.403 armadores de pesca, 36 embarcações de pesca desportiva e 151 infraestruturas de apoio.

Os dados apontam ainda que desde 2011, quando foi realizado o levantamento anterior em Cabo Verde, os recursos humanos no sector das pescas aumentaram em mais de 1.500 trabalhadores.

O país conta ainda com três fábricas de conserva e uma unidade de aquacultura, entre outras infraestruturas do sector das pescas, de acordo com o mesmo recenseamento, realizado pelo Instituto do Mar, com o apoio do Instituto Nacional de Estatística.

AC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.