UCID contra agendamento do projecto de resolução relativa à suspensão do mandato de Amadeu Oliveira

25/04/2022 21:42 - Modificado em 25/04/2022 21:48
| Comentários fechados em UCID contra agendamento do projecto de resolução relativa à suspensão do mandato de Amadeu Oliveira

A UCID não concorda com o agendamento do pedido de suspensão do mandato do deputado Amadeu Oliveira, agendado para sessão parlamentar que começa na terça-feira, 26 de abril de 2022.

Em conferência de imprensa, em São Vicente, a deputada Dora Pires, eleita na lista da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), por São Vicente, especificou que a UCID discorda do agendamento do projecto de resolução relativa à suspensão do mandato do deputado, actualmente preso na Cadeia Central de São Vicente, porque “não foram cumpridos os trâmites legais”, citado pela agencia de noticias.

“O deputado continua preso ilegalmente, não foi ouvido, não recebeu qualquer intimação e a Assembleia Nacional não comunicou”, ou seja, concretizou Dora Pires, a UCID acha estranho como é que se apresenta uma resolução para suspender um mandato nesses termos, daí que vai solicitar a retirada do ponto da agenda.

“Estamos a pedir simplesmente o cumprimento da lei, sem saltar etapas”, concretizou, justificando que no “caso Amadeu Oliveira” a Assembleia Nacional “está a reboque” da Procuradoria ao ver o deputado ser chamado para dois julgamentos, um em Santiago e outro em Santo Antão, sendo que no primeiro caso “o prazo do julgamento esgotou-se”.

“Não ocorreu no prazo de 30 dias, pois é um processo que vem de 2017, que se baseia num artigo de opinião publicado num dos jornais da praça, pelo que o processo deve cair e iniciar tudo de novo”, concretizou Dora Pires.

Sobre o caso de Santo Antão disse tratar-se de um processo de 2020 quando o advogado, hoje deputado, “libertou 11 pessoas detidas ilegalmente” e fez críticas ao juiz, e por isso vai ser julgado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.