PM diz que a distinção de Olavo Correia é importante e vai ao encontro das apostas do Governo

18/04/2022 22:53 - Modificado em 18/04/2022 22:53

Para o Primeiro Ministro, Ulisses Correia e Silva, a eleição do Vice-Primeiro-ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, para Presidente do Conselho de governadores do Banco de Investimento e Desenvolvimento da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (BIDC), representa um bom momento para Cabo Verde.

Em reação a esta nomeação o chefe do executivo escreveu na sua pagina oficial, que esta é uma distinção “importante e vai ao encontro das apostas do Governo, no sentido de termos, não só quem exerce cargos políticos, mas outros quadros nacionais, representados em Organizações internacionais”.

Para o PM, a “visibilidade e notoriedade” internacional é“relevante” para Cabo Verde, mas, acrescenta, também pelo país estar presente e representado em altas instituições, capaz de “defender e proteger os nossos interesses”.

Por isso, avança, está no programa de governação, aumentar a visibilidade e o prestígio internacionais de Cabo Verde por via da ocupação de postos e exercício de cargos de responsabilidade e da colocação de quadros nas instâncias internacionais; da atração de eventos regionais e internacionais.

Escreveu ainda a questão da inserção do país em redes internacionais e regionais de conhecimento, ciência, tecnologia, ambiente, em áreas de interesse para os objetivos da nossa política externa, identificando e maximizando as oportunidades e benefícios para o desenvolvimento sustentável.

O Vice-Primeiro-ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, foi eleito de forma unânime Presidente do BIDC na semana passada, durante a 20ª Assembleia-Geral Ordináriadesta instituição.

AC

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2022: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.