Santo Antão: CMPN estima em 227 toneladas a quantidade de lixo lançado em ribeiras, terrenos baldios e encostas e lança campanha  

18/04/2022 15:06 - Modificado em 18/04/2022 15:07
| Comentários fechados em Santo Antão: CMPN estima em 227 toneladas a quantidade de lixo lançado em ribeiras, terrenos baldios e encostas e lança campanha  

O lixo lançado por ano, nas ribeiras, terrenos baldios e encostas na cidade do Porto Novo, na ilha de Santo Antão, estima-se em 227 toneladas. As ribeiras e encostas têm sido alvo de despejos pontuais de lixo, entulho, pneus, resíduos sólidos urbanos, pelo que importa fazer algo para travar esta situação.

Conforme avançou a autarquia numa publicação, para a limpeza destes sítios, a Câmara Municipal tem em andamento, no quadro de um contrato-programa assinado com a Agência Nacional de Águas e Saneamento (ANAS), um conjunto de ações com o objetivo de estimular a mudança de comportamentos em água e saneamento.

A edilidade avançou que durante esta semana vai decorrer um conjunto de ações de sensibilização junto das populações e escolas, redes sociais e outros meios com vista a adotar melhores comportamentos que ajudam em boas práticas em saneamento e água

A divulgação nas redes sociais de comportamentos que pretendem sob forma de impactar em especial, principalmente os mais jovens sobre os comportamentos que devem adotar de forma a evitarem que os seus resíduos afetam o meio ambiente.

A publicação refere que, a autarquia tem levado a cabo um trabalho de “limpeza profunda” nos terrenos baldios, ribeiras e encostas dos principais bairros da cidade do Porto Novo para fazer a remoção e limpeza dos mais variados tipos de lixos que são depositados pelas pessoas.

Os bairros de Covoada, Fundo de Garça, Chã de Viúva, Ribeira de Corujinha, Chá de Matinho, Alto São Tomé, Berlim e Ribeira de Bomba Chã de Galinheira são algumas das zonas abrangidas por esta iniciativa.

AC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.