OMS considera suficiente uma dose da vacina contra o papiloma humano

12/04/2022 11:36 - Modificado em 12/04/2022 11:36
| Comentários fechados em OMS considera suficiente uma dose da vacina contra o papiloma humano

Uma dose da vacina contra o vírus do papiloma humano, que causa cancro do colo do útero, oferece uma proteção similar a duas doses para mulheres com menos de 21 anos, indicou hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Peritos da OMS concluíram, face a novos dados, que uma única dose da vacina basta para proteger as raparigas entre os nove e os 20 anos, em vez das habituais duas doses.

Apesar da nova recomendação, os planos de vacinação dos diferentes países podem continuar a utilizar as duas doses se for considerado necessário.

Para as mulheres com mais de 21 anos, a OMS continua a recomendar a administração de duas doses, com um intervalo de seis meses.

As mulheres com sistema imunitário comprometido, principalmente devido a infeção pelo vírus VIH/sida, devem tomar duas ou três doses para ficarem totalmente protegidas.

O cancro do colo do útero é causado pela infeção com o vírus do papiloma humano, transmitido por via sexual.

Lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2023: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.